A Prefeitura vai construir, no Bairro Alto, o Centro Vilinha, um espaço cultural e turístico no Parque Histórico da Vilinha, local onde se fixaram os primeiros colonizadores da região que viria a ser Curitiba.

O objetivo é preservar o Parque Vilinha, atraindo pessoas com a oferta de cursos, exposições, feiras e local para apresentações de artistas locais.

A história do povoado do Bairro Alto vem do século 17, quando desbravadores portugueses saíam de Paranaguá para buscar ouro além da Serra do Mar, por um caminho batizado de Queretiba. Depois de atravessar a serra, os portugueses se acomodavam no povoado chamado de Vilinha, conforme registros históricos. Na Vilinha, às margens dos rios Atuba e Bacacheri, e nas comunidades indígenas estão as raízes do Bairro Alto e do vizinho Atuba.

Em 23 de março de 1972, foi assinado o decreto que criou o Parque Histórico de Curitiba, no local onde se fixaram os primeiros colonizadores que formaram a Vilinha, dando origem à cidade. A área destinada ao parque foi doada à prefeitura em 1967.