ja752.jpgEstá chegando às concessionárias da marca a versão 2007 da "scooter" Neo AT 115 da Yamaha. Quem pensava que ela chegaria com muitas mudanças no visual, errou. As principais novidades ficam por conta da adoção de três cores – amarela, prata e preta, com novos gráficos. Eleita Moto do Ano 2005, a Neo AT é o único modelo do segmento que basta acelerar e frear, graças a transmissão totalmente automática do tipo CVT (Transmissão Variável Contínua).

De acordo com a montadora, ela funciona por intermédio de uma correia em "V" de longa vida que proporciona uma combinação de relações perfeitas, tornando a rodagem mais confortável e agradável, sem trancos, ruídos e sujeira. A dianteira da Yamaha Neo AT115 em formato de cunha, aliada ao pára-lama "colado" ao pneu e os defletores junto às bengalas da suspensão, dão ao modelo o mesmo estilo arrojado presente nos modelos esportivos da Yamaha.

O painel de instrumentos oferece todas as informações necessárias – velocímetro, hodômetro total, marcador do nível de combustível, luzes espia de indicadores de direção e farol alto. O conjunto óptico é composto em lente de policarbonato liso de alta resistência e tratamento que permite a "auto regeneração" de pequenos riscos e proteção contra o escurecimento por raios ultravioleta. O refletor duplo – biparábola, tem duas lâmpadas que acendem tanto com o farol baixo, quanto o alto, com ganho de eficiência em relação aos faróis convencionais.

A Yamaha Neo conta com motor monocilíndrico de quatro tempos e 114cc, OHC (Over Head Camshaft) de arrefecimento forçado a ar, que desenvolve 8,4 cv a 8.000 rpm e 0,78 kgf.m de torque a 7.000 rpm. A versão 2007 da Neo está disponível ao preço público sugerido posto Manaus de R$ 6.087,00 e nas cores prata, preta e amarela em quaisquer concessionárias autorizadas Yamaha e por intermédio do Consórcio Nacional Yamaha. O "scooter" Neo AT da Yamaha têm um ano de garantia de fábrica, sem limite de quilometragem.