enkontra.com
Fechar busca

Automóveis

Toyota inaugura terceira fábrica no Brasil

Durante a cerimônia foi assinado a construção de uma fábrica de motores

  • Por Viviane Favretto

De olho no segmento de veículos compactos, que responde por 62% do mercado brasileiro, a japonesa Toyota inaugurou na quinta-feira da semana passada, em Sorocaba (SP), sua terceira fábrica no Brasil. Dessa planta vai sair, a partir de setembro, o Etios, o primeiro compacto da marca. O veículo será produzido nas versões hatch e sedã. A unidade industrial vai fabricar, num primeiro momento, 70 mil unidades por ano. Mas a produção anual pode chegar a 400 mil veículos. O investimento na fábrica foi de US$ 600 milhões com a geração de 1.500 empregos diretos.

Entre outras autoridades, participaram da inauguração o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o presidente da Toyota, Akio Toyoda.

Ainda durante a cerimônia foi assinado o protocolo de intenções para a construção de uma fábrica de motores em Porto Feliz (SP). A nova unidade vai empregar 700 pessoas e entrará em funcionamento no segundo semestre de 2015. A fábrica terá capacidade para produzir 200 mil motores de 1.3 l e 1.5 l para o Etios e de 1.8 l e 2.0 l para o Corolla.

Apesar do esperado aumento nas vendas, com a produção do Etios, a Toyota não tem previsão de abrir novas concessionárias, diz Luiz Carlos Andrade Júnior, vice-presidente Comercial da Toyota. Hoje os modelos da marca são vendidos em 133 lojas em todo o país. A marca japonesa tem 12% de participação no mercado brasileiro e sua presença é mais expressiva entre os sedãs médios, com 6,5% de participação.

Hisayuki Inoue, diretor da Toyota, afirma que num primeiro momento o Etios será vendido apenas no Brasil e só mais tarde a montadora vai buscar novos mercados. Esse produto “é feito por brasileiros para brasileiros”, reforçam os executivos da Toyota em suas falas. Segundo Inoue, hoje o índice de nacionalização do Etios é de 65% e chegará a 85% quando os motores estiverem sendo produzidos em Porto Feliz.

A Toyota está no Brasil há 54 anos e o país foi o primeiro a receber uma unidade da empresa fora do Japão. As fábricas estão instaladas em São Bernardo do Campo, em Indaiatuba e agora em Sorocaba.

Em setembro

O Etios, em versões hatchback e três volumes, começa a ser vendido em setembro com preços entre R$ 31 mil e 32 mil para o hatch com motor 1.3. Os carros, que estão sendo produzidos na planta em Sorocaba, inaugurada na quinta-feira, conservam os mesmos traços dos similares indianos e também as dimensões de 3,78 metros de comprimento e 2,46 metros de entre-eixos.

Seguindo uma filosofia que a Toyota chama de “simplicidade ousada”, o design é enxuto, sem linhas excessivas. Mas, em relação aos Etios indianos, os dois modelos brasileiros foram repaginados de acordo com os anseios de um consumidor mais exigente. Os bancos são mais espessos, com apoios para a cabeça no banco de trás, plásticos de melhor qualidade no interior e um isolamento acústico mais consistente.

Na versão hatchback, haverá motores 1.3 e 1.5, ambos com 16 válvulas e com tecnologia flex. A potência chega a 90 cv e 96,5 cv, com etanol no tanque. Na com quatro portas, apenas a versão mais possante. Os Etios têm bancos de tecido reguláveis manualmente, ar-condicionado regulável, rádio com CD-Player e entrada USB. Todas as versões têm freios com ABS e airbag duplo. O hatch sai de fábrica com aerofólio traseiro de série. A plataforma do Etios dará origem a oito modelos até 2015 nos países emergentes, entre eles, um utilitário esportivo compacto.

* A jornalista viajou a convite da Toyota.

Divulgação/Toyota

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas