No início da semana (15/3), a Toyota apresentou à imprensa especializada a linha 2011 do sedã Corolla que passa a contar com duas motorizações e nova identificação para a versão mais cara da gama. As versões mais baratas, XLi e GLi, mantêm o motor de 1,8 atual.

A versão XEi ganhou novo motor de 2.0 flex desenvolvido no Japão. A versão SE-G passa a se chamar Altis, a exemplo da nomenclatura utilizada em mercados asiáticos, e também é equipada com o motor de 2.0. Esteticamente, o Corolla 2011 é idêntico à gama 2010. As diferenças são: emblemas com as inscrições Altis, no caso da versão topo de linha, e Dual VVT-i Flex, nos modelos equipados com o novo motor, além das luzes de pisca nos espelhos retrovisores externos item exclusivo no Altis e no XEi.

Nova motorização

De acordo com a Toyota, o novo motor 2.0 Dual VVT-i Flex (chamado internamente de 3ZR-FBE) fabricado no Japão é capaz de gerar 153 cv a 5.800 rpm com etanol e 142 cv a 5.600 giros com gasolina.

A acentuada diferença de desempenho (dez cavalos) conforme o tipo de combustível também é observada no torque: 20,7 kgfm a 4.800 giros com etanol, contra 19,8 kgfm a 4000 com gasolina.

Para comparar, o motor 1.8 que segue em uso nas versões mais baratas do Corolla tem desempenho mais parelho com os dois combustíveis, gerando 132/136 cv (etanol/gasolina) a 6.000 giros com torque de 17,2/17,5 a 4.200 rpm.

A montadora afirma ainda que o novo motor 2.0 tem o menor nível de ruído e vibração do segmento, bem como o menor nível de consumo. Em torno de 6,0 a 6,5 km/l com álcool.

As versões com motor 2.0 são equipadas com nova transmissão automática Shifttronic de quatro marchas e “paddle shift” (borboletas de troca atrás do volante), enquanto as versões automáticas com motor 1.8 seguem com a conhecida transmissão automática da gama, também com quatro velocidades, mas com sistema de troca manual de marchas apenas pela alavanca no console central. O câmbio manual de cinco marchas está restrito às versões mais baratas XLi e Gli.

De acordo com a Toyota, o Corolla 2011 deve vender 60 mil unidades em 2010, mantendo a liderança do segmento de médios recuperada em 2009. O “mix” deve ficar em 10% para a versão XLi, 30% para a GLi, 50% para a XEi e 10% para a nova versão Altis.

A lista de cores do sedã da Toyota inclui sete tonalidades: prata Supernova, preta Eclipse, bege Aurora, cinza Galático, branco Polar, verde Boreal e azul Orion. A venda do novo Corolla começa nesta quinta-feira (18). Os preços variam entre R$ 61.890,00 e R$ 89.160,00 dependendo de acabamentos, novo motor, caixa de câmbio e equipamentos.