O piloto curitibano Christiano Bornemann (WD-40/Embretech/Mecar Carburadores/Luciflex/Mundial Prime/Prilux/NSO Borrachas), venceu no fim de semana (23 e 24/7), da tradicional prova do Calendário Catarinense, as “100 Milhas de São Bento do Sul”, de Velocidade na Terra, disputada no Autódromo Lourenço Schreiner. Chris Bornemann, largou da terceira posição na categoria Marcas 1600, assumiu a liderança da prova na 1.ª curva e venceu de ponta a ponta.

Christiano Bornemann mostrou toda sua experiência de anos na categoria, mesmo com vários problemas enfrentados, nos treinos livres e classificatório. No 1.º treino livre, o piloto paranaense, que voltou a correr com o carro reserva nesta prova, teve a 3.ª marcha do câmbio quebrada e no treino classificatório, a segunda marcha apresentou problemas. Com isso, ficou apenas com o terceiro tempo da categoria Marcas, cravando 1min32s765, com 2s370 de desvantagem para o pole position, Sidnei do Borba. A equipe Ávila Racing voltou a Curitiba, trocou o câmbio e domingo a história mudou e Chris Bornemann assumiu a liderança na primeira curva e venceu de ponta a ponta.

         “Foi um fim de semana de superação, a partir do sinal verde, só pensei em dar a vitória a todos da equipe Ávila Racing, que não pouparam esforços para me ver na pista em condições ideais para a vitória. Após conquistar a liderança na primeira curva, imprimi um ritmo forte nos primeiros 50 minutos de corrida, para poupar na parte final e a estratégia deu certo”, declarou o piloto Christiano Bornemann (WD-40/Embretech/Mecar Carburadores/Mundial Prime/NSO Borrachas/Pislux/Luciflex).

– Resultado final –

         Após duas horas de prova, o resultado final da categoria Marcas 1.600 foi a seguinte: 1.º) Christiano Bornemann (PR), com 75 voltas completadas; 2.º) Dirceu Rausis/Thomaz Schwartz (SC), 73; 3.º) Jean Moraes/Fernando Dreuer (SC), 72; 4.º) Adailton Hames/Carlos Ferriera (SC), 70; 5.º) Arno Odzvani/Rui Prusse (SC), 68; e em 6.º) Diego/Agenir (SC), 66.