enkontra.com
Fechar busca

Automóveis

Suzuki V-Strom: um convite para a aventura

  • Por Redação O Estado Do Paraná

A Suzuki acaba de lançar a DL1000 V-Strom, uma “dual purpose” com estilo e desempenho, que proporciona agradáveis momentos ao ser pilotada nas ruas das cidades, rodovias ou estradas despavimentadas.

Em Curitiba esta novidade está disponível, em seu modelo 2003, na concessionária autorizada StarMoto, com três opções de cores: cinza, azul e amarela. O nome V-Strom é derivado do alemão e significa corrente de vento, remetendo à força e suavidade sentidas ao pilotar este modelo. O banco largo e macio permite muitas horas de pilotagem confortável e relaxada, para que o piloto aproveite ao máximo o prazer de viajar.

Na traseira, bagageiro integrado, com superfície emborrachada, é perfeito para o transporte da bagagem de aventura. A1ém disso, é possível utilizar bolsas laterais, graças à posição das ponteiras do escapamento, mais altas. O painel, de belo “design”, disponibiliza informações úteis através do relógio digital, hodômetro total/parcial, luzes indicadoras, contagiros e marcador de combustível.

A V-Strom possui duplo farol com multirrefletores, que oferecem ótima iluminação, e luz de freio de alta intensidade. Uma alma valente requer um coração forte, por isso a V-Strom está equipada com motor V-Twin de 996 cilindrados, bicilindro, quatro tempos, que combina robustez e alta tecnologia.

O sistema de injeção eletrônica, controlado pelo ECM (Computador de Gerenciamento do Motor), inclui o sistema de dupla borboleta de aceleração que dosa perfeitamente a liberação da mistura ar/combustível, garantindo torque em qualquer rotação e mínima emissão de poluentes.

O uso de novo cabeçote compacto e virabrequim curto proporcionaram a redução do tamanho e peso do motor. As paredes dos cilindros são revestidas por composto eletroquímico Suzuki, testado e aprovado nas pistas de corrida de todo o mundo, que permite a redução de atrito e uma perfeita transmissão de calor.

Na estrada a V-Strom oferece potência forte e acessível em todas as faixas de rotação. O câmbio possui seis posições bem escalonadas e o acionamento do manete de embreagem é leve e macio. O peso seco da DL-1000 é de 207 kg, se aproximando muito da leveza das superesportivas. E a distância entre eixos é grande o suficiente para oferecer estabilidade em alta velocidade, sem comprometer as respostas em curvas.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas