Durante a abertura do Salão de Madri (Espanha) na última quinta-feira (20/5), a montadora espanhola Seat apresentou o protótipo Toledo. De acordo com a marca, o carro conceito aponta como será a terceira geração do sedan, que será lançada na Europa até o fim deste ano.

O visual mantém a essência esportiva dos dois modelos anteriores: o primeiro foi apresentado em 1991 e o segundo, que circula hoje nas ruas da Europa, em 1998. Suas linhas têm detalhes do Altea, e chama a atenção por sua pintura bicolor, cinza e cobre. E como no Altea, seus limpadores ficam escondidos abaixo dos pára-brisas.

Seu volante incorpora comandos multifunção para controlar o áudio e o sistema de navegação. A Seat preocupou-se também em preservar no protótipo uma das marcas registradas do Toledo: o porta-malas alto, que conta com capacidade de carga de 500 litros.

Na lateral, o destaque fica com uma linha proeminente em tom marrom, que contrasta com a cor metálica da pintura do carro. As rodas são largas, de 19 polegadas, e os pneus têm medida 235/35. Quanto a segurança, seu sistema ESP garante a estabilidade e a trajetória quando o motorista comete pequenos erros. E seu sistema de freio é formado por quatro discos ventilados de grande diâmetro com rodas de 19 polegadas. O protótipo conta com 4,49 metros de comprimento, 1,77 m de largura e 1,58 m de altura.

Outro destaque visual do Toledo é o teto-solar que ocupa quase toda a área da capota e deixa o compartimento com uma boa iluminação natural. No interior, a Seat incluiu materiais tradicionais (couro e madeira) e instrumentos tecnológicos, como um avançado sistema multimídia.

O motor do carro é um quatro cilindros em linha de 2.0 litros, que incorpora a tecnologia FSI, de injeção direta de gasolina, capaz de render 150 cv a 6.000 rpm, transmitindo sua força às rodas dianteiras por intermédio de uma caixa manual de seis velocidades, que lhe permite alcançar a velocidade de 206 km/h.