A maioria dos motoristas sente saudade do tempo em que um litro de gasolina custava cerca de R$ 0,65. E não faz tanto tempo assim. Algo como aproximadamente quatro anos. Agora que o combustível rompeu a barreira dos R$ 2,00, métodos e dicas que ficaram esquecidos voltam à tona. Não existem “receitas milagrosas”, mas algumas dicas podem ajudar você a economizar e gastar menos no posto de combustível.

Evite acelerações a fundo. A aceleração equilibrada não só reduz consideravelmente o consumo de combustível como o desgaste do veículo. O consumo de combustível é menor nas marchas mais altas. Selecione uma marcha superior logo que seja possível e somente opte por uma inferior quando o desempenho do veículo for afetado.

Por outro lado, evite conduzir à velocidade máxima. Se o veículo for conduzido a 3/4 da velocidade máxima recomendada na via que está sendo percorrida, o consumo de combustível baixa significativamente e a perda de tempo é mínima.

Dirija de modo regular. Acelerações e freadas desnecessárias provocam elevado consumo de combustível. Calibre os pneus regularmente, como recomendado pelo manual do proprietário. A pressão baixa aumenta a resistência ao deslocamento do veículo e, conseqüentemente, o consumo de combustível, além de desgastar os pneus e afetar a dirigibilidade do carro.

Não transporte pesos mortos como, por exemplo, cadeiras de praia ou bicicletas, quando não for utilizá-los. O peso do veículo tem grande influência no consumo de combustível, principalmente no trânsito urbano.

Não use o chamado “ponto morto”. Além de comprometer a segurança na condução do veículo, esta prática não resulta em economia de combustível, como se acredita. O uso do ar-condicionado requer maior potência do motor e, desta forma, o consumo de combustível se eleva.

Programe antecipadamente os itinerários, evitando engarrafamentos e semáforos. Trajetos curtos freqüentes como, por exemplo, em serviços de entrega, que exigem partidas e aquecimento do motor constantes, também elevam o consumo de combustível.

Desligue o motor em caso de paradas prolongadas no trânsito. Verifique o consumo de combustível em cada reabastecimento. E utilize somente o tipo de combustível recomendado no manual do proprietário.