ja711.jpgEmbora projetada para o trabalho, a picape S10 2.8 Turbo Cabine Dupla, fabricada pela GM do Brasil, é ótima para o lazer, mesmo em sua versão com motor turbodiesel. O ?design? de sua carroceria e do capô tem aparência moderna, seguindo as tendências mundiais, com destaque para os vincos bem definidos, grade e capô integrados, este sustentado por molas a gás para reduzir o esforço de abertura quando necessário.

Os faróis, inclusive o de neblina, passaram a incorporar a tecnologia de superfície complexa e lente transparente (?see-through?), como nos Chevrolet Corsa, Astra e Vectra, com ganho na luminosidade e visibilidade noturna. No interior da picape, o painel de instrumentos da S10 tem ?design? arredondado e o material que o compõe oferece, segundo a montadora, maior segurança nos casos de impactos frontais.

ja713.jpg Moderno, de linhas arredondadas, os instrumentos são de fácil visualização, incluindo relógio integrado digital com mostrador de cristal líquido e exibição alternada com o hodômetro parcial.

Seus bancos dianteiros, revestidos em tecido aveludado, são firmes e podem ser regulados em distância, inclinação e posição lombar. Novo e eficiente pacote acústico, que acrescenta isolantes e materiais diferenciados, foi incorporado a toda linha S10 2005, aumentando o conforto no interior dos veículos. Com os vidros fechados, a cabine torna-se realmente silenciosa. A S10 Cabine Dupla 2.8 4×4 Turbodiesel vem equipada com duplo ?airbag?.

ja712.jpgComo itens de série a S10 Cabine Dupla possui direção hidráulica, desembaçador com ar quente, banco dianteiro bipartido com descansa-braço central e porta-objetos. O equipamento de som é de boa qualidade, com rádio AM/FM e CD Player e alto-falantes bem distribuídos pelo interior do veículo. A picape traz ainda um interruptor para desativar o ?airbag? do acompanhante para o caso de transportar bebê com banco próprio voltado para trás.

É equipada com freios ABS nas quatro rodas com distribuição eletrônica da força de frenagem (EBD), trio elétrico, alarme ultra-som com controle remoto, rodas de liga de alumínio e ar-condicionado, entre outros equipamentos. Suas rodas de liga de alumínio têm novo desenho, com pneus 225/R75 ou 235/R75 completando o conjunto externo. A S10 2.8 Cabine Dupla tem na tração 4×4 um de seus maiores trunfos. (BN)

ja722.jpgOLHO CLÍNICO

Rodamos com a picape S10 Cabine Dupla, equipada com motor turbodiesel MWM Sprint 2.8 litros, de alta rotação, dotado de ?intercooler?, com potência e torque que a tornam extremamente desenvolta nas estradas, mesmo se for preciso passar por algum atoleiro, uma vez que o veículo vem equipado com tração 4×4, com reduzida.

O sistema eletrônico para conectar este sistema é feito por intermédio de um simples toque em botões localizados no painel. Em 4×4 reduzida, a S10 vira um trator, com força de sobra para transportar até 1.010 kg de carga ou rebocar até 3.720 kg.

Durante a avaliação feita pelo JA, a S10 2.8 Cabine Dupla chamava a atenção por sua imponência e estilo, que agradam em cheio a maioria das pessoas. Confesso que, apesar do torque elevado, o câmbio curto nas primeiras marchas torna a S10 mais lenta nas arrancadas. Em compensação, a terceira marcha garante a subida em ruas de médio aclive, mesmo em baixas velocidades.

Por ser um utilitário e ter suspensão para suportar o transporte de até 1.010 kg de carga, a S10 2.8 Cabine Dupla mostrou-se um pouco áspera em pisos irregulares, o que não chega a incomodar os passageiros. Por este motivo, em curvas mais acentuadas, a picape sofre uma maior inclinação da carroceria, dentro do padrão de estabilidade dos veículos desta categoria.

Em relação ao motor 2.5 litros utilizado anteriormente na S10, este MWM Sprint oferece quase 40% a mais de potência e cerca de 50% mais torque do que seu antecessor. Tivemos a oportunidade de comprovar toda essa variação positiva do torque e da potência ao enfrentarmos as muitas curvas da descida da Graciosa em direção a Morretes. E as da subida da Serra da Graciosa no retorno à capital.

O câmbio da S10 fica ?à mão? e possui engates precisos e firmes. Conseguimos rodar a média de 12,3 km/litro de diesel. Há de se considerar que rodamos parte do trajeto na BR-277 em velocidades mais constantes. A S10 turbodiesel é um bólido na estrada, atingindo facilmente a velocidade de 110 km/h, com retomadas vigorosas e fáceis, mesmo quando se acelera em quinta marcha. E acelera de 0 a 100 km/h em 12,7 segundos.

No mais, a experiência na estrada com a S10 Cabine Dupla, equipada com motor 2.8 turbodiesel, foi proveitosa e agradável, uma vez que a picape surpreendeu em quase todos os quesitos verificados, com ótima dirigibilidade. (BN)

FICHA TÉCNICA

S10 TURBO DIESEL

MOTOR

Modelo: 2.8 DTI – MWM

Disposição: Longitudinal

Número de cilindros: 4 em linha

Cilindrada (cm3): 2.796

Diâmetro e Curso (mm): 93,0 x 103,0

Válvulas: SOHC, três válvulas por cilindro

Injeção combustível: Turboalimentado, intercooler com injeção direta

Taxa de compressão: 17,8:1

Potência máxima líquida (ABNT): 132 cv a 3.600 rpm

Torque máximo líquido (ABNT): 34,0 kgfm (333,0 Nm) a 1.800 rpm

Combustível recomendado: Diesel

Consumo NBR 7024 (km/l) (Cidade: 10,4; Estrada: 13,8; Média: 11,9)

TRANSMISSÃO

Modelo manual: FSO 2405E Manual de 5 velocidades à frente sincronizadas

CHASSIS/SUSPENSÃO

Dianteira: Independente, braços articulados e barra de torção, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás

Traseira: Feixe de molas semi-elípticas de 2 estágios, amortecedores transversais telescópicos hidráulicos pressurizados a gás

Direção: Hidráulica, esfera recirculante

FREIOS

Tipo: Discos ventilados dianteiros, tambores traseiros, com sistema de freios anti-blocante (ABS) de 5a geração

Diâmetro x espessura (mm): dianteiro 274 x 29;

traseiro 279 x 63,5

RODAS/PNEUS

Roda tamanho e tipo: 15 x 7 Aço

Pneus: 225/75R15