Um carro 100% elétrico e acessível. Essa é a mensagem da Renault ao apresentar o Zoe no Salão de Genebra. Depois da apresentação como conceito há três anos no Salão de Frankfurt, o carro elétrico da Renault, Zoe, finalmente chegou a sua versão de produção e foi apresentado oficialmente no primeiro dia de coletivas de imprensa do Salão de Genebra. De acordo com a fabricante francesa, o Zoe é o primeiro veículo elétrico de produção em série que apresenta mais de 210 km de autonomia. Seu motor elétrico tem potência de 65 kW (87 cv) e fornece um torque máximo de 22 kgfm, o que garante acelerações e retomadas rápidas, mesmo em baixa rotação.

O carro também conta com sistema de regeneração de energia, captando a energia cinética produzida durante a frenagem e transformando-a em energia elétrica. Isso lhe garante uma autonomia de mais de 210 km com um recarga. O modelo é compatível com qualquer nível de potência e pode ser recarregado entre 30 minutos e 9 horas, dependendo da potência utilizada. Para circular despreocupadamente na cidade, o Zoe é equipado com o Z.E. Voice, um sistema de áudio externo que alerta os pedestres sobre a chegada do veículo. O Z.E.

Voice pode ser ouvido entre 1 e 30 km/h e foi criado a partir de um projeto específico para oferecer uma identidade sonora própria ao Zoe. O condutor poderá escolher entre três sons diferentes e desligá-lo simplesmente apertando um botão. Custando a partir de 15.700 euros (com impostos) o novo compacto urbano da fábrica francesa vem com a nova identidade da montadora que será vista nos próximos lançamentos da Renault no mundo.