A Land Rover passa a oferecer o Range Rover Sport e o Discovery 4, ambos com motor 3.0 V6 turbodiesel, com câmbio automático de oito marchas. Além da mudança na transmissão, o carro ganhou 10 cv de potência, totalizando 256 cv. A Land Rover também aumentou a gama de itens de série para os SUVs e providenciou pequenas mudanças no visual dos carros. Para o interior, ambos passaram a oferecer conexão via Bluetooth nas versões menos equipadas e um sistema de som com 17 alto-falantes. Para as versões topo de linha, os modelos possuem desde pré-aquecimento da cabine até conexão via wireless.