Quem estava pensando em virar o mês de carro zero certamente acompanhou de perto durante a semana as alterações de preços de tabela de fábrica com a incorporação do corte no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e os pequenos descontos acordados com o governo federal (por exemplo, de 2,5% no caso de modelos com motor de 1 litro). A queda chegou a superar os 10% e a “economia” média que o consumidor agora encontra nas concessionárias é de R$ 3 mil se comparado ao valor de tabela anterior.

Se você pretende aproveitar esse benefício, que vai vigorar até o fim de agosto, quando o IPI deve voltar ao normal, listamos abaixo os 20 carros mais vendidos no Brasil em 2012, de acordo com os números divulgados pela Fenabrave, associação que reúne as concessionárias. E também como ficaram os preços e percentual de queda dos principais modelos disponíveis no país. Vale lembrar que consideramos apenas os preços de tabela fornecidos pelos fabricantes desde a nova taxação do IPI, e não possíveis promoções ou bônus que alguma marca esteja praticando para estimular as vendas no varejo.

O destaque fica por conta dos modelos nacionais ou importados do Mercosul e México com motor 1.0, em que o imposto passou de 7% para isenção total. Os modelos cujas marcas não possuem fábrica no Brasil, movidos a gasolina e com propulsor entre 1.1 e 2.0 litros, no entanto, permanecem com a alíquota mais alta, de 36,5% ante 43%.