Quando chega a hora de trocar os pneus da motocicleta, o quê fazer? Substituí-los usando as medidas originais ou comprar pneus mais largos, para melhorar o seu visual?

Muitos motociclistas enfrentaram este dilema. Mas na prática, a beleza de um pneu mais largo não melhora o desempenho, nem traz vantagens.

Entenda o porquê. Após consultar amigos, usuários do mesmo modelo de motocicleta, e alguns mecânicos e lojistas, o proprietário aceita colocar um pneu maior.

Diversas motos (desde pequenas 125 cc até “nakeds” de alta cilindrada) são alvo da moda que prega a troca de pneus de medidas originais por mais largos e pode acabar se revelando perigosa.

Nas ruas pode-se perceber que um dos modismos é colocar um pneu traseiro maior na Honda CBX 250 Twister.

Os usuários dessa 250cc muitas vezes optam em colocar pneus de 140 e 150 milímetros de largura, ao invés do original nas medidas 130/70 -17.

Mas para isso realizam adaptações, como alargar a balança, o que prejudica a estrutura original da moto. Além disso, o consumo aumenta, a relação tem desgaste prematuro devido ao pneu ser mais pesado, afetando o velocímetro e o hodômetro.

Pneus maiores que os originais têm maior desgaste na banda de rodagem devido à maior área de contato com o asfalto, ficando quadrados e dificultando a realização de curvas.

Além disso, há o fato de que os pneus maiores são mais caros. Outros componentes como a balança, protetor de corrente e para-lamas podem sofrer avarias com o componente fora das especificações originais.

Corre-se o risco do pneu mais largo não entrar na balança, raspar no para-lama dianteiro e na parte inferior do para-lama traseiro. Neste último caso, o pneu pode raspar no para-lama antes da suspensão chegar ao final do curso, acarretando em uma possível quebra da peça plástica.

As fábricas realizam uma série de testes com diversas medidas de pneus para definir a medida original, até escolher a mais apropriada. E a moto é projetada levando-se em conta aquela determinada medida. A montadora visa, além da questão estética, o desempenho, a proposta da motocicleta, a durabilidade, a facilidade e o custo para reposição.

Se o motociclista tiver dúvida, ou não souber qual a medida original dos pneus da motocicleta, deve consultar o manual do proprietário. Lá estão informadas as medidas e pressões corretas a serem utilizadas. Não tem como errar. Trocar pneu original por outro mais largo pode comprometer segurança da moto. Portanto, todo cuidado é pouco.