Para enfrentar os novos concorrentes no segmento de hatchs que estão chegando ao mercado, como o Volkswagen Golf e o Ford Focus, a Peugeot lança o 308 com um novo câmbio automático de seis marchas, que acompanha as versões equipadas com motor 2.0. O 308 Allure 2.0 automático é oferecido a partir de R$ 66.490.

O conjunto substitui a ultrapassada transmissão de quatro velocidades que acompanhava o modelo até então. De acordo com a marca do leão, a caixa AT6 tem um sistema de correção dinâmica, que identifica o tipo de relevo pelo qual o veículo está trafegando. Na prática, a transmissão aciona o freio-motor nas descidas e “trabalha na melhor faixa possível de torque” nas subidas, além de reter a marcha quando o motorista tira o pé do acelerador. Esta última ação foi pensada nas situações em que o condutor aborta uma ultrapassagem, permitindo que a operação seja refeita sem que o carro perca fôlego.

Motor

O 308 Allure tem um motor 2.0 de quatro cilindros e 16 válvulas, com duplo comando de válvulas. São 151 cv quando abastecido com etanol e 143 cv se movido a gasolina, sempre a 6.000 rpm. O torque máximo é de 22 kgfm a 4.000 rpm com o combustível derivado da cana-de-açúcar. De acordo com a Peugeot, houve uma melhoria de 0,8 segundos no tempo da aceleração de 0 a 100 km/h com o câmbio automático de quatro marchas. O tempo das retomadas e o consumo de combustível também caíram.

A Peugeot também fez acertos na suspensão do hatch, que privilegiam o conforto sem sacrificar a estabilidade. No eixo traseiro foram trocadas as buchas de articulação e colocado um calço de elastômero no apoio da mola com a carroceria. No eixo dianteiro, foi aplicado um novo apoio superior da mola, que ajuda a absorver as irregularidades da via.

O 308 passa a oferecer o teto solar panorâmico e luzes diurnas de LED como opcionais desde a versão de entrada, Active.