Oscar Branco lidera a
categoria Turismo com 75 pontos.

Os pilotos paranaenses terão uma tarefa importante neste fim de semana, durante a quarta etapa da Brascar, Campeonato Brasileiro de Endurance, Protótipos e Turismo, que será realizada no Autódromo Internacional de Curitiba, situado em Pinhais, Região Metropolitana da capital paranaense. O de quebrar a hegemonia dos pilotos gaúchos na categoria Sport Protótipos, onde ocupam as três primeiras posições e a de se manter com as três primeiras colocações na categoria Turismo.

Sport Protótipos

A dupla curitibana Jair Bana/Eduardo Bana (Bana Pneus/Monroe Amortecedores), está confiante em um bom resultado na corrida em Curitiba. Na primeira etapa, realizada em Tarumã, no Rio Grande do Sul, conquistou o segundo lugar. Mas não teve sorte nas duas etapas seguintes. Em Cascavel, Oeste do Paraná, durante a segunda etapa, o carro da dupla quebrou logo no início e abandonaram a prova. Em Londrina, Norte do Estado, na terceira etapa, quebrou o trambulador na metade da corrida, fazendo com que Jair e Duda, também abandonassem a prova.

Mas a “briga” pela vitória será boa, pois além dos gaúchos que estão embalados no campeonato, outra dupla paranaense correrá em busca da vitória, Toninho Espolador/Fábio Machado (Rider/Planeta Pé). Na prova de Tarumã, seu carro teve pane elétrica e a dupla abandonou a corrida. Em Cascavel, chegaram em quinto lugar. E em Londrina, quando Toninho e Fábio ocupavam o terceiro lugar, quebrou a embreagem. Mesmo assim, terminaram a prova em sexto lugar.

Turismo

Nesta categoria a situação está invertida. As três primeiras posições são ocupadas por pilotos paranaenses, que querem manter a liderança do campeonato. O trio curitibano Oscar Branco/Ademir Pardo/Marco Martim (Branco/Fast Boy/Magnetron), venceu as duas últimas etapas e disparou na liderança do campeonato. Em segundo lugar, está a dupla João Finardi/Sanito Cruz, com 58 pontos. E em terceiro lugar, está José Rapchan/João Saboia, com 44 pontos ganhos.

Classificação

Sport Protótipos: 1.º) Cláudio Ricci/Letícia Zanetti, (RS), com 50 pontos; 2.º) João Santana Luciano Mottoin/Adriano Baldo (RS), 46; 3.º) João Batista Rodrigues/Carlos Kray (RS), 45; 4.º) Fúlvio Matrote (SP), 42; 5.º) Luciano Borghesi/Tazzio Borghesi (PR), 32; e em 6.º) Jair Bana/Eduardo Bana (PR), com 27 pontos ganhos.

Turismo

1.º) Oscar Branco/Ademir Pardo/Marco Martin (PR), 75 pontos; 2.º) João Finardi/Sanito Cruz (PR), 58; 3.º) José Rapchan/João Saboia (PR), 44; 4.º) Décio Dornelis/Eduardo Jalvo/Rafael Cohen, (RS), 24; 5.º) Nelson Cardoso/Carlos Stopieck (RS), 21; e em 6.º) George Frey/Gustavo Frey (RS), e Marcus Peres/Marcos Pegoraro (PR), com 20 pontos ganhos.