Um novo touro enfurecido deixou a fábrica da Lamborghini em Sant’Agata Bolognese, na Itália, e cruzou a fronteira com a Suíça, para descansar  no Salão de Genebra, que fica aberto ao público até o dia 18, domingo. Estamos nos referindo ao Aventador J (se pronuncia “iota”, jota em italiano), o primeiro conceito do Aventador roadster.

De acordo com a marca italiana, o carro que ela acaba de apresentar é uma “força da natureza sobre rodas” e o “conversível mais intransigente de todos os tempos”. O importante é atrair os holofotes. E isso ele conseguiu em Genebra, disputando olhares com a F12berlinetta da Ferrari.

Diferente do Aventador cupê, o modelo J dispensou totalmente a capota e qualquer outra forma de cobertura de emergência, como também exclui o pára-brisa dianteiro.

É um carro completamente aberto, que de acordo com a Lamborghini cria uma sensação de envolvimento com a velocidade ainda mais intensa. A idéia da Lamborghini foi oferecer uma experiência radical próxima a de um piloto. Isso porque o J Roadster tem apenas difusores de ar no lugar do pára-brisa e também dispensa as janelas laterais e a capota. É um carro para colocar à prova todos os sentidos.

A parte mecânica, diferente da carroceria, parte do alto desempenho vem da leveza da máquina. O protótipo é construído basicamente com fibra de carbono e alumínio, além de outras ligas leves. Informa à fabricante que o Aventador J pesa apenas 1.575 kg, distribuídos de maneira equilibrada entre uma ponta e a outra do carro de 4,89 metros de comprimento e 2,03 m de largura.

Chamam atenção alguns detalhes do conceito:  o retrovisor central em formato de periscópio e as rodas de tamanhos diferentes, com aro 20″ na frente e 21″ no eixo traseiro. A Lamborghini, entretanto, ainda não informou se vai ou não levar o projeto do Aventador Roadster adiante.

O conceito Aventador J tem câmbio com tração integral e motor 6.5 V12 capaz de gerar 700 cavalos de potência. A velocidade máxima do protótipo ainda não foi aferida pela marca, mas a mesma afirma que o projeto foi desenvolvido para superar os 300 km/h. O modelo é mais do que a versão conversível do superesportivo, é quase um carro de corrida homologado para uso nas ruas.