Sistema de porta única que será lançado juntamente com o novo B-Max no Salão de Genebra, no próximo mês, foi apresentado pela Ford. Ele traz mais facilidade de acesso ao interior do carro. A solução da montadora foi tirar as colunas centrais do carro e reforçar as portas para criar 1,5 m de espaço em cada lado de uma forma segura para os ocupantes.
Assim, a Ford conseguiu a maior abertura de porta da categoria, uma vez que o Opel Meriva oferece 0,7 m a menos com sua porta articulada. Ao desenvolver o conceito, uma equipe passou vários dias observando motoristas em rotinas diárias para entender exatamente o que os clientes realmente queriam em um carro compacto.

Em seguida, engenheiros da Ford assumiram o desafio de produzir um veículo seguro e prático que atendesse a essas necessidades. Aços especiais de alta resistência foram usados na lateral do veículo para garantir proteção cinco vezes maior do que o aço convencional. Isso possibilitou a criar uma estrutura extremamente forte, sem adicionar peso extra. O processo envolveu testes intensos e análise em cada etapa. Mais de 1 mil simulações de computador detalhadas foram realizadas ao longo de três anos para otimizar o desempenho de colisão lateral impacto.

O interior B-MAX foi elaborado para tirar o máximo proveito do novo sistema de portas. Os assentos traseiros e o assento do passageiro podem ser dobrados para criar uma grande plataforma de carga, conveniente para acomodar desde bicicletas a objetos planos. A minivan terá capacidade para abrigar cinco passageiros. “Nos propusemos o desafio de reimaginar o carro pequeno”, disse o diretor de design da Ford Europa, Stefan Lamm. “As pessoas estão lutando com os desafios espaciais de dirigir na cidade e nós queremos encontrar uma nova solução para elas”, acrescentou.

Um novo motor 1.0 de três cilindros, que usa tecnologia EcoBoost, movimentará o B-MAX e está equipado com o sistema “start-stop”. O propulsor tem turbocompressor e injeção direta de combustível, para reduzir o consumo de combustível e emissões de CO2. De acordo com a Ford, esse motor é ajustado para substituir os convencionais de quatro cilindros. A tecnologia foi apresentada no Salão de Frankfurt, no ano passado. O novo Ford B-Max vai estrear em no Salão de Genebra no próximo mês e será vendido na Europa no final do ano.