Grande estrela do Salão de Frankfurt (17 a 27 de setembro) é a F458 Itália, certamente a Ferrari mais moderna de todos os tempos.

A nova supermaquina de Maranello começará a ser comercializada logo após o evento automotivo alemão.

O perfil da F458 tem o clássico desenho da marca para carros com motores V8 traseiro, enquanto as lanternas adotam um “design” semelhante ao aplicado na nova Califórnia, com parte da peça luminosa exposta na carroceria. Outros detalhes que merecem destaque são o “spoiler” frontal maleável, que adapta a aerodinâmica a velocidade, e as três saídas de escape cromadas.

Seu interior do bólido esbanja arrojo e modernidade. O volante, por exemplo, tem formato típico de carro de corrida, com empunhadura especial e base reta. O componente engloba diversos comandos, como acionamento dos faróis, limpadores do pára-brisa, ignição e luzes indicativas, eliminando a presença de alavancas na coluna de direção.

O painel de instrumentos possui conta-giros analógico no centro e mostradores digitais nas laterais, com funções como velocímetro, computador de bordo e controle de som e climatizador.

Mas a maior novidade da F458 Itália é seu motor, um inédito 4.5 V8 de 570 cv a incríveis 9.000 rpm e 55 kgfm de torque em 6.000 giros. De acordo com a Ferrari, a F458 acelera de 0 a 100 km/h em 3s5 e atinge a velocidade máxima de 325 km/h. Varias entradas de ar pela carroceria, que otimizam o arrefecimento do motor em altas velocidades.

Para alcançar tal desempenho, o modelo se vale de duas novidades: propulsor com sistema de injeção direta de combustível, que aproveita ao máximo a energia extraída da gasolina, e o câmbio de 7 velocidade com dupla embreagem, que torna as trocas de marchas mais rápidas e eficientes.

De acordo com a Ferrari, o seu consumo médio é de 7,3 km/l. Assim como a potência específica de 126,7 cv/l, a Ferrari alega que essa média é a melhor entre os superesportivos de sua categoria no mundo.

A central eletrônica VDA (Vehicle Dynamic Assistance), que possui a capacidade de avaliar a aderência do piso em que o modelo está rodando, controla a suspensão, o diferencial eletrônico e a atuação dos freios com sistema ABS.