Manutenção

Monroe Axios explica a importância da bandeja de suspensão

Um dos componentes-chave responsáveis pela dirigibilidade e estabilidade dos veículos é a bandeja de suspensão. Seu funcionamento e manutenção são essenciais para o conforto e segurança dos motoristas. Por isso, a Monroe Axios, marca da DRiV, divisão do aftermarket da Tenneco Automotive, e uma das principais fornecedoras de componentes de suspensão do mercado, apresenta informações importantes para motoristas e reparadores sobre o funcionamento e a manutenção desse importante dispositivo.

Função e Importância

Instalada entre as rodas e o chassi, a bandeja permite que a suspensão dianteira opere de forma independente, mitigando os impactos do solo. Além disso, garante o alinhamento correto das rodas dianteiras, evitando o desgaste irregular dos pneus. Da mesma forma, tem a função de suportar as forças laterais, produzidas durante as curvas, limitando e controlando os movimentos longitudinais das rodas.

Conectado à roda e ao sistema de direção por meio de buchas e pivôs, este componente opera sob condições severas. Devido à sua posição, próxima ao solo, as bandejas devem ser altamente duráveis, pois recebem toda a energia recebida nos impactos do veículo contra buracos, valetas, guias e demais irregularidades no asfalto. Sua construção robusta é essencial para absorver e dispersar vibrações, preservando o conforto dos ocupantes do veículo e a integridade dos demais componentes da suspensão, além de prevenir danos em choque contra obstáculos na via, como pedras, lombadas, guias e buracos.

Manutenção

Quando danificadas, as bandejas de suspensão podem afetar gravemente o desempenho de todo o sistema. Estas peças devem ser inspecionadas regularmente quanto ao desgaste e substituídas, quando necessário. Uma verificação visual de rachaduras, empenos, desgastes ou amassados indicará a necessidade de sua substituição. Buchas e pivôs danificados podem ser substituídos para restaurar a funcionalidade, mas uma bandeja comprometida pode exigir uma substituição completa para evitar danos adicionais e garantir a segurança do condutor.

“Muitas vezes, a substituição desses itens é suficiente para devolver o bom funcionamento da bandeja. Mas em outras situações, quando a bandeja está danificada, esse procedimento não é efetivo e pode provocar uma situação de folga ou mesmo desprendimento da bucha, trazendo mais prejuízos”, comenta Juliano Caretta, supervisor de treinamento técnico da DRiV. Durante a condução de um veículo equipado com uma bandeja de suspensão avariada, é possível notar instabilidade em curvas, desgaste prematuro de pneus e ruídos ao se esterçar o volante.

A troca da bandeja só será eficiente se os demais componentes do sistema da suspensão estiverem em bom estado. Por isso, deve-se sempre realizar uma verificação minuciosa e realizar a substituição dos itens que apresentarem desgaste ou avaria.

O procedimento requer o uso de equipamentos específicos, como um elevador hidráulico, torquímetro e sacadores, além das ferramentas tradicionais. “É fundamental garantir que a peça a ser instalada seja compatível com a marca e modelo do veículo reparado; para garantir a escolha correta, recomenda-se a consulta aos manuais e catálogos das montadoras e dos fabricantes de componentes automotivos”, complementa Caretta.

Após a troca da bandeja, o reparador deve proceder o alinhamento e o balanceamento das rodas, e em seguida, um teste de rodagem, para garantir o correto funcionamento do sistema.

A Monroe Axios oferece uma ampla gama de bandejas de suspensão, para as principais marcas e modelos de veículos. Seus produtos seguem os mais rígidos padrões de qualidade, sendo fornecedor original para muitos dos fabricantes presentes no país. Para conhecer a linha de bandejas de suspensão Monroe Axios, acesse: https://www.monroeaxios.com.br/produto/borrachas-e-componentes/bandeja-de-suspensao. (Foto: Monroe Axios/Divulgação).

Voltar ao topo