O Ford EcoSport reinou absoluto, e sem concorrentes, no segmento de SUVs compactos (sigla inglesa para utilitário esportivo) durante quase oito anos até a chegada do Renault Duster em 2011 e o ligeiro incômodo causado pelo Hyundai Tucson, que estreou no país em 2005. O rival francês produzido em São José dos Pinhais conseguiu, inclusive, sentir o sabor da liderança nas vendas durante a transição da antiga para a geração atual do EcoSport, que acabou retomando o topo. Mas essa posição tende a ficar ainda mais ameaçada em breve com a chegada de novos adversários, além da reestilização do próprio Duster em 2014. Alguns dos lançamentos brigarão em outra arena, a dos médio-compactos, na qual hoje estão o Hyundai ix35 e o Honda CR-V, mas deverão fazer o consumidor com um pouquinho mais de recurso disponível pensar duas vezes na hora da escolha. Confira quais são os utilitários urbanos que poderão rodar no mercado nacional até 2015.

Renault Captur

Embora tenha porte um pouco inferior ao do Duster, já que é derivado do compacto Clio IV, o crossover é mais sofisticado e atual. Por isso brigará com os utilitários médio-compactos, acima dos R$ 60 mil. O Captur deverá ser nacionalizado, com a produção iniciando em 2015 em São José dos Pinhais.

Chevrolet Tracker

A vinda do Trax, ou Tracker (como será chamado por aqui), ainda não foi oficializada pela Chevrolet, mas o modelo já aparece no site brasileiro. Depende apenas da decisão se virá do México, onde a cota de importação pode ser um entrave (de lá já vem a Captiva e o Sonic), ou fabricado no país.

JAC S5

Não terá volume para brigar do lado de cima do segmento, mas certamente atrairá consumidores. O S5, que no Brasil adotará um nome exclusivo, lembra o Hyundai ix35 e virá recheado de equipamentos de ponta, como câmera de ré, bancos com aquecimento e teto solar, além de mecânica moderna.

Honda Urban

A Honda lançará um utilitário compacto derivado da terceira geração do Fit e baseado no conceito Urban (foto), apresentado em janeiro no Salão de Detroit (EUA). Será fabricado em Sumaré (SP), com a produção prevista para o início de 2014. Daqui sairá para outros mercados internacionais.

Fiat 500X

A versão alongada do 500 que rodará no Brasil virá acompanhada da nomenclatura X e não a L, como se imaginava. É mais um crossover do que um jipinho, tanto que deverá ocupar o lugar do Bravo. Será exibido pela primeira vez no Salão de Frankfurt, em setembro. Com futura produção nacional, estreia em 2014.

Ford Kuga

Ficaria posicionado acima do EcoSport e abaixo do Edge, mas isso não o impedirá de roubar aquele cliente do irmão menor que poupou um pouco mais para adquirir seu jipinho. O Kuga usa a mesma plataforma do Focus 3 e há rumores de que viria em 2015 para o Brasil via Argentina.

Peugeot 2008

Confirmadíssimo para virar um produto nacional até 2015, o irmão mais encorpado do 208 concorrerá com as versões intermediárias de EcoSport e Duster, porém com mais requinte e estilo. O crossover deverá adotar duas opções de motor: 1.6, de 122 cv, e 2.0, de 151 cv.

VW Taigun

Estrela da Volkswagen no Salão do Automóvel de S&a,tilde;o Paulo em 2012, o Taigun é derivado do compacto up!, portanto é menor que um EcoSport. Contudo, promete incomodar o rival, especialmente por oferecer também o moderno motor 1.0 turbo de três cilindros e 110 cv.
A produção local é quase certa.