enkontra.com
Fechar busca

Automóveis

Inglesa Triumph volta ao Brasil com força total

A bigtrail Tiger Explorer será um dos modelos comercializado no Brasil

  • Por Infomoto

O mercado de duas rodas ganhou uma boa notícia: a marca inglesa Triumph confirmou sua chegada oficial ao Brasil, apresentou sua primeira concessionária e em setembro começa a operação em sua linha de montagem em Manaus (AM). Após ficar esquecida no país por conta de “imbróglios” com o antigo representante e ver suas motocicletas sumirem das ruas brasileiras, a Triumph finalmente se desvencilhou dos problemas e desembarcará com muita munição na bagagem. A marca já confirmou que a bigtrail Tiger Explorer será um dos modelos comercializado no Brasil.

Por aqui, a bigtrail terá que enfrentar a BMW R 1200 GS e a Yamaha XTZ 1200Z Super Ténéré, motocicletas “dedicadas” a aventura muito mais do que ao turismo, caso das recém-lançadas Kawasaki Versys 1000 e Honda Crosstourer.

Já que a proposta é encarar qualquer terreno e fazer frente aos “best sellers” alemão e japonês, a Explorer precisa mostrar seus atributos. Motor de 1215 cm3, quadro em treliça, freios ABS, controle de tração, piloto automático e acelerador eletrônico (ride-by-wire) são itens de série que, em conjunto com mais alguns mimos, fazem da moto inglesa uma concorrente de peso no segmento big-trail.

Exploradora

Em todo o mundo este segmento está mudando. As motocicletas bigtrails que carregam na alma o espírito aventureiro estão cada vez mais on-road provavelmente pela Europa não possuir muitas estradas de terra e ser cada vez mais difícil ter acesso ao fora de estrada. Não é o caso da Explorer. Ao construir seu projeto, a Triumph claramente elaborou um modelo que fosse fiel companheiro do motociclista que gosta de se aventurar fora da estrada, além, claro, de rivalizar com a R 1200 GS e a Super Ténéré, saudável briga que veremos se intensificar no Brasil.

E para “atacar” suas concorrentes e fazer bonito por onde passa, a Tiger Explorer entrega ao motociclista um conjunto condizente com sua proposta. Em termos de eletrônica, luta em pé de igualdade com os outros modelos dessa categoria. Além do ABS, controle de tração, piloto automático e acelerador eletrônico são itens de série. Enquanto aquecedores de manoplas, faróis de neblina, malas laterais e top box, com capacidade para 30 e 35 litros, respectivamente, fazem parte do pacote de opcionais oferecidos pela Triumph.

O painel da bigtrail inglesa também é bem completo. Mesclado com o conta-giros analógico, o display de LCD traz uma série de informações importantes ao piloto que vão da mais básica até as mais complexas. Os dados gerenciados pelo computador de bordo incluem nível de combustível, velocidade e temperatura do motor e até o monitoramento eletrônico da pressão dos pneus, item oferecido como opcional. Tudo controlado por botões e alavancas instalados nos punhos.

Tecnologia

Para manter tudo funcionando, a aventureira conta ainda com um gerador de 950 Watts de série. Além dele, a moto oferece como opcional um top box, sistema de suprimento de energia integrado, que carrega enquanto ela está em movimento. O painel desta Triumph ainda tem uma fonte de força ao lado da ignição, que pode facilmente alimentar um aparelho de GPS, por exemplo.

O motor de 1215 cm3 de 137 cavalos e os diversos itens de eletrônica embarcada sugerem uma moto robusta, que pode ser a melhor opção para pegar quilômetros de estrada no caso de uma viagem longa, mas também não se intimida na hora de enfrentar terra, cascalho ou qualquer outro obstáculo que apareça pelo caminho.

Divulgação/Triumph

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas