Foram vendidas 127.009 Titans
nos primeiros quatro meses de 2002.

Liderança do mercado brasileiro continua com a motocicleta CG 125 Titan, que detém 55,1% das vendas da empresa no ano, seguida da C100 Biz e do modelo XLR 125.

A Moto Honda da Amazônia obteve um novo recorde histórico de vendas no mês de abril, quando registrou um aumento de 28,5% em relação a 2001. Foram comercializadas 69.016 unidades no atacado – ou 87,4% do mercado nacional de motocicletas – enquanto no ano anterior, no mesmo período, registrou-se um volume de 53.719 unidades. Também no acumulado deste ano, o desempenho foi superior, registrando um acréscimo de 12,8%, com 230.466 motocicletas.

Nos quatro primeiros meses do ano, 55,1% das vendas da empresa corresponderam à CG 125 Titan, com 127.009 unidades. Em segundo lugar ficou a C 100 Biz, com 44.895 motocicletas vendidas. O terceiro modelo mais comercializado foi a XLR 125, cuja participação total somou 15.806 unidades.

Até o fim de 2002 a expectativa da Honda é produzir cerca de 750 mil unidades, das quais 700 mil para o mercado interno e 50 mil destinadas às exportações. Tal performance deverá significar uma ampliação de 14,0% em relação a 2001, quando foram produzidas 658.094 motocicletas, sendo 92% para o mercado interno.