Oficialmente a nova Monster 796 foi apresentada pela Ducati. A moto vem se posicionar entre as versões 696 e 1100 que a marca dispõe. É a nova moto da família Monster, que atualmente conta com a 696 e a 1100. Com 87 cavalos de potência a 8.250 rpm, torque de 7,95 kgfm a 6.250 rpm e peso a seco de 167 kg a nova integrante da família de “nakeds” da Ducati conta com ABS como um opcional do modelo.

Seguindo as mesmas linhas das suas “irmãs” existentes e, entre vários fatores, a 796 se destaca pela ampla gama de esquemas de cores disponibilizados, chamada de “Monster Art”. Painel de instrumentos totalmente digital, rodas da Marchesini e suspensão traseira monoamortecida complementam o conjunto da nova Monster.

A Monster 796 conta também com novo guidão e novo banco, mais ergonômicos e o novo motor é um 796cc Desmodrmics com 2 válvulas que combina a dirigibilidade da 696 com a esportividade da 1000.

Sua suspensão traseira é monoamortecida com balança de um braço só. Serão oferecidas três cores para a Ducati Monster 796, o vermelho Ducati, o branco ártico e preto.

Em relação às demais versões da marca, a ciclística da nova Monster foi alterada com a altura do assento ao solo sendo um pouco rebaixada e passando para 800 mm, bem como a altura do guidão foi erguida em 20mm, o que torna a moto mais confortável para conduzir. O sistema de freios ABS será um opcional da moto.

Pequenos riscos vermelhos nos aros pretos das rodas foram criados para dar ainda mais sensação de velocidade por quem olha a nova “macchinna” e o quadro em treliça todo vermelho também.

Lançada como modelo 2011, às vendas da Ducati se iniciam em maio no Reino Unido e o valor é de 8.990,00 euros, cerca de R$ 21 mil, sem impostos. Assim que o modelo chegar ao mercado, concorrerá diretamente da BMW F800R e da Yamaha Fazer/FZ8.