Os motoristas de Curitiba terão que diminuir a velocidade de seus veículos em vários novos pontos da cidade. É que 41 novos pontos de radares, que vão monitorar a velocidade nas ruas da capital paranaense, começaram a ser instalados e sinalizados.

Além disso, a sinalização de 69 pontos antigos que estavam em funcionamento está sendo refeita. O trabalho, que inclui a aferição dos equipamentos, deve levar cerca de 20 dias e tudo deve estar funcionando na primeira quinzena de junho.

Se a previsão estiver correta, no próximo mês todos os 110 pontos de controle de velocidade de Curitiba deverão estar sinalizados com pintura na pista 1.200 metros antes do equipamento, repetida a cada 300 metros, mostrando a velocidade permitida (60 ou 70 quilômetros por hora, conforme a rua).

Próximo aos radares também deverá haver duas placas suspensas indicando que se trata de área com velocidade controlada por equipamento eletrônico e mais duas placas que indicam a velocidade permitida.

Os condutores curitibanos e os turistas devem ficar bem atentos. E tem mais. Depois de junho, mais cem pontos de radar serão espalhados pela cidade. Trata-se de caixas vazias que funcionarão num sistema de rodízio, com equipamentos retirados dos outros 110 pontos. Em resumo: o motorista não saberá qual radar está fotografando os carros em excesso de velocidade naquele momento.