formulatruck130907.jpgNinguém pode estar mais empolgado com a volta da Fórmula Truck a Goiânia do que o paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, vencedor da última prova disputada na capital de Goiás, em 2005. No próximo domingo (16/9), a partir das 14 horas, ele disputará a sexta etapa do campeonato brasileiro da categoria e tem em mente somente a vitória.

Segundo Cirino, a pista do Autódromo de Goiânia é de alta velocidade, no qual se adapta muito bem e tem condições de explorar toda a força do motor eletrônico da Mercedes-Benz. ?Ganhamos a última corrida em Goiânia, quando fizemos uma grande festa com uma trinca da Mercedes-Benz, uma vez que o Vignaldo Fizio foi o segundo colocado e o Geraldo Piquet o terceiro?, acentua Cirino.

A confiança de Cirino na vitória cresce em função de disputar sua segunda corrida com o novo Mercedes-Benz, modelo Axor 2044. Ele estreou este modelo em Caruaru, quando liderou 16 das 23 voltas e em função de um problema do sistema de alimentação de combustível, terminou na quinta colocação. ?Esta será a segunda corrida com o novo caminhão. Ainda não tiramos todo o potencial do caminhão e Goiânia será a oportunidade de explorá-lo um pouco mais?, diz Cirino.

Cirino também destaca que para o treino classificatório os Volkswagen são favoritos em função de utilizarem catalisador, o que lhes permite aumentar a quantidade de diesel a ser injetada no motor sem o risco de excesso de fumaça. Mas para a corrida a história é outra e aí o seu Mercedes-Benz é muito bom.

Classificação

A classificação do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, após 5 etapas é a seguinte: 1.º) Felipe Giaffone (SP), com 89 pontos; 2.º) Roberval Andrade (SP), 85; 3.º) Wellington Cirino (PR), 63; 4.º) Renato Martins (SP), 47; 5.º) Leandro Totti (PR), 37; e em 6.º) Geraldo Piquet (DF), 35.