A BMW comercializa no Brasil a F 800 GS, modelo de uso misto da série GS que vem se posicionar logo acima da F 650 GS. Motos “off-road” e de uso misto.

Esse foi o estilo das motos lançadas pela BMW em 2008 no Brasil, no segmento classificado pela empresa como Enduro.

Classificada como enduro pela BMW, a novidade da marca alemã tem o visual claramente inspirado na “big trail” e “best-seller” da marca, a R 1200 GS. Muitos podem até a chamar de “mini 1200 GS”, tamanha a semelhança com a irmã de maior cilindrada. Farol com duplo refletor, pára-brisa, rodas raiadas e o porte avantajado fazem parte do visual dessa imponente motocicleta.

Lançada no ano passado na Europa, ela tem motor de dois cilindros paralelos e 798 cm³, com potência de 85 cv e torque de 8,3 m.kgf. Comparada à versão F 650 (que na verdade tem a mesma cilindrada, mas é menos potente), a F 800 traz rodas raiadas e a dianteira maior, cursos de suspensão mais amplos, relação final de transmissão mais curta e pára-brisa mais alto.

O que difere o motor da F 800 GS para as outras BMW é que nessa enduro a bancada de cilindros está com um grau de inclinação menor. Como em suas irmãs de 800cc a BMW instalou uma terceira biela defasada a 180 graus entre as duas bielas, minimizando a vibração emitida pelo trabalho dos pistões.

Com transmissão final a corrente, a F 800 tem quadro de aço, balança traseira de alumínio e peso a seco de 178 kg. Sua velocidade máxima é de 200 km/h. Para longas viagens, a BMW F 800 GS pode ser equipada com protetores de mão, malas de tanque, malas laterais e centrais, acessórios vendidos separadamente.

Para facilitar a vida das pessoas de baixa estatura, a F 800 GS oferece ainda o banco em duas configurações de altura na hora da compra: 850 ou 880 mm. E a posição de pilotagem, bem ereta, também é típica dos modelos voltados para uso misto.