Para comemorar os títulos de construtores e de pilotos de 2010, conquistados por Max Biaggi, a Aprilia apresentou a RSV4 Factory APRC (Aprilia Performance Ride Control) Special Edition 2011, uma superesportiva com alta tecnologia embarcada, emprestada das pistas e trazida para as ruas em nome da performance e da segurança.

Equipada com um motor 1.0 capaz de gerar 182,4 cv de potência, a RSV4 Factory APRC (verdadeira fera), é 2,3 vezes mais potente do que o motor automotivo 1.0 nacional mais forte. Ele é responsável por movimentar apenas 179 kg – 6,4 vezes menos peso do que o do automóvel que carrega o motor 1.0 mais potente.

A Aprilia apostou no uso de materiais nobres, como, por exemplo, fibra de carbono, magnésio e alumínio para garantir baixo peso e a excelente relação peso/potência de 0,98 kg/cv. Com isso cada cavalo de potência é responsável por carregar menos de um quilo da moto. Um verdadeiro sonho de consumo dos engenheiros e pilotos.

Eletrônica embarcada

Conta a Aprilia RSV4 APCR SE com um conjunto de sistemas eletrônicos composto por: ATC (Aprilia Traction Control), controle de tração com 8 ajustes da tração, selecionáveis através de comando no lado esquerdo do guidão). ALC (Aprilia Launch Control), com três ajustes, para arrancadas rápidas na pista e nas ruas.

E, AQS (Aprilia Quick Shift), que trocas as marchas de maneira rápida, sem necessidade de aliviar a manete do acelerador nem usar a manete da embreagem.

Em termos visuais, os destaques do modelo são o belo conjunto ótico formado por três faróis, a pintura da bandeira da Itália na parte inferior da carenagem, a elegante ponteira do escapamento, além da lanterna composta por LEDs.

A nova Aprilia RSV4 Factory APCR SE conta com quadro regulável, que possibilita ajustes precisos às condições do asfalto, propiciando mudanças na distância entre-eixos, no ângulo do garfo da suspensão dianteira e, até mesmo, na posição do motor no quadro para melhorar o centro de gravidade.

Para conter os ânimos desta ‘bella macchina’ foi escolhido um poderoso sistema de freio da italiana Brembo dotado de generosos discos dianteiros com 320 mm de diâmetro e o disco único traseiro com 220 mm.

Seu completo painel de instrumentos, oferece dois modos de exibição de informações no display de LCD: um voltado para o uso da moto nas pistas e o outro para o uso nas ruas. Assim a performance das pistas chega fiel às estradas do mundo.