Eis que, circulando pela praça Dezenove de Dezembro, em Curitiba, encontro caminhando tranquilamente Scortegagna Junior, conhecido popularmente nos meios automobilísticos de arrancada simplesmente como “Urso” e que é um dos pilotos mais rápidos do Brasil nesta modalidade esportiva.

Não só isso, mas, ele é também o idealizador e construtor, juntamente com o falecido especialista em carros de arrancada João Grden Júnior, do Chevrolet Opala com motor de seis cilindros em linha mais rápido do Brasil, alcançando velocidade superior a 300 quilometros/hora em 402 metros de distância e detentor de recordes. E isto às vésperas da última etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada, que foi levada a efeito no final da semana passada. A minha pergunta ao “Urso” não poderia ser outra, uma vez que me incluo na vasta legião de admiradores desse extraordinário e dedicado piloto: “Como é “Urso”, quando voltará a competir?” Não que ele tenha abandonado as pistas, mas, o fato é que no corrente ano deixou seu carro de competição parado na garagem, causando uma grande lacuna na linha de largada, sentida por todos os seus fans.

A cada etapa do campeonato, sempre pairava no ar aquela dúvida: “Urso” vai arrancar ou não. A verdade é que o pessoal já está com saudade de ver aquele Opala amarelo, nas últimas temporadas equipado com motor V8, fazendo barulho e levantando fumaça do concreto.

Considerando que muitos outros carros de arrancada possuem motor V8, eu na verdade, e talvez muitos outros adeptos, gostava mesmo era de ouvir o ronco daquele motor de seis cilindros em linha alimentado por turbo-compressor e com cerca de 1.000 cavalos de força. Esse ronco era diferente de todos os outros e por certo ainda ecoa no ouvido dos saudosistas.

“Urso” sempre esteve presente às arrancadas, mas, este ano, só observando. Mas agora tenho boa notícia para seus fans: naquele encontro na praça, “Urso” revelou que, estará presente, a bordo do seu Opala, matando a saudade dos fans, no festival de arrancada marcado para o período de 11 a 14 de dezembro próximo, no Autódromo de Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, pronto para bater novos recordes e fazer a multidão vibrar.

Por outro lado, o jornalista Thiago Augusto, Assessor de Imprensa da Força Livre, empresa responsável pelo evento, revela também que agora, homologado que foi pela Confederação Brasileira de Automobilismo, o nome passa a ser oficialmente Festival Brasileiro de Arrancada, com a participação este ano, como sempre, de pilotos de todo o país e inclusive do Chile, devendo somar mais de trezentos carros, desde a categoria “Desafio” até os dragsters com motor V8 de mais de 3.000 cavalos!

Enfim, não percam a volta do “Urso” e seu Yellow Lethal Chevrolet Opala. Na foto, há alguns anos, cerca de 40.000 pessoas na expectativa da arrancada do “Urso” e do silvo do motor do Opala.