O Campeonato Brasileiro perdeu hoje o seu artilheiro para o futebol árabe. Em uma entrevista coletiva na sede do Botafogo, o atacante Dodô anunciou que vai jogar os próximos seis meses no Al-Ain, equipe dos Emirados Árabes.

Com 32 anos, Dodô explicou que a proposta que ele recebeu para deixar o Botafogo foi irrecusável. "(O Al-Ain) é um clube que tem uma grande estrutura e o contrato é muito bom. Tive de pensar na minha família. Não existe meios de comparar a oferta com a realidade do Brasil", falou o atacante, que marcou nove gols com a camisa botafoguense no Brasileirão.

O jogador agradeceu o carinho recebido dos torcedores e disse que um dia gostaria de voltar a jogar no clube. "Os torcedores são compreensivos e vão entender que preciso garantir a minha independência financeira. Entretanto, espero voltar ao Botafogo".

Dodô ainda não confirmou quando embarcará para os Emirados Árabes, mas ele não jogará o clássico do próximo domingo, contra o Fluminense. Sem o jogador, o técnico Cuca terá problemas para formar o ataque, que conta com Reinaldo, Wando, Felipe Adão e Marcelinho.

O Botafogo não realiza uma boa campanha no Campeonato Brasileiro. O clube de General Severiano é apenas o 13.º colocado, com 15 pontos.