Foto: Valquir Aureliano
Washington “Coração Valente” marcou
o gol após ficar quase um mês sem jogar.

O Atlético venceu agora à noite a equipe do Santos e conquistou a primeira vitória na Arena da Baixada nesse Campeonato Brasileiro. Apesar do frio que castiga a capital paranaense, o que se viu foi um jogo quente, recheado de grandes emoções.

O Santos começou melhor no jogo. O Peixe partiu pra cima do Furacão e logo aos cinco minutos de jogo o atacante Robinho deu um susto na torcida atleticana. O jogador santista tabelou com Basílio e, de frente para Diego, chutou por cima do gol do goleiro rubro-negro.

O Atlético respondeu aos 14 minutos. Ilan deu um drible da vaca em Pereira e mesmo desequilibrado por Elano, tocou por cobertura. O árbitro já havia marcado a falta e na cobrança de Jádson, a bola passou tirando tinta da trave de Júlio Sérgio. O rubro-negro voltou a atacar com perigo aos 19 minutos, numa cabeçada de Washington.

A partir daí, o Santos recuperou o domínio de jogo e foi só pressão para cima do Atlético. Aos 26 minutos, Renato perdeu a melhor chance de abrir o marcador no primeiro tempo. O volante do Santos subiu sozinho na pequena área para cabecear mas jogou a bola para fora.

O Peixe voltou a atacar com perigo aos 29 minutos. Elano quase marcou um belo gol olímpico, mas Diego estava atento e jogou a bola para longe do gol. O jogo caiu de ritmo nesse momento, com muitos passes errados e sem grandes lances de emoção para torcida.

Segundo tempo

Se a primeira etapa foi do Santos, a segunda foi do Furacão. O rubro-negro voltou bem melhor e tratou de sufocar o alvinegro praiano. Fernandinho, aos nove minutos, deu um corte que deixou dois jogadores do Peixe na saudade e chutou forte. A bola bateu na rede, pelo lado de fora, acendendo a torcida.  

O Atlético era só pressão e Raulen, aos 20 minutos, e Washington, aos 21 minutos, quase marcaram para o Atlético. O Santos tratou de responder em seguida com Elano. Após um contra-ataque rápido, o meia santista perdeu duas chances seguidas de fazer o gol. No primeiro lance, o goleiro Diego defendeu e, no rebote, o jogador chutou pra fora do gol, que estava sem goleiro.

Não demorou muito e a aflição do torcedor atleticano se transformou em alegria quando o atacante Washington “Coração Valente”, após receber um cruzamento na medida de Fernandinho, tocou para o fundo das redes fazendo o único gol do jogo, para deleite dos mais de 15 mil torcedores que foram à Arena.

O Atlético quase ampliou o marcador com William. O jogador fez uma boa jogada e, no chute, a bola caprichosamente bateu na trave. O Santos subia esporadicamente ao ataque, mas sem levar pergio à meta de Diego.

O jogo ficou  mais cadenciado e terminou assim: Atlético 1×0 Santos. O time paranaense pulou para 11.ª posição, com oito pontos. A vitória encerrou um jejum de cinco anos sem vitória contra o time do Santos.