O Furacão não encontrou dificuldades para eliminar o Moto Club já na primeira partida. O time comandado pelo alemão Lothar Mathäus fez sua melhor apresentação na temporada, principalmente no primeiro tempo, e venceu o time maranhense por 3 a 1, esta noite, no estádio Nhozinho Santos, em São Luís. O rubro-negro paranaense começou a partida em alta velocidade. O primeiro gol saiu logo aos 4 minutos. Dagoberto cobrou falta na entrada da área e deslocou o goleiro do Moto Club, que esperava o cruzamento. O segundo gol saiu um minuto depois. Mais uma falta para o time atleticano, Michel Bastos cobrou, o goleiro Marabá espalmou e Paulo André não perdoou fazendo o segundo gol paranaense.

O Atlético continuou pressionando, tendo a facilidade da zaga do Moto Club, que falhava seguidamente. O terceiro gol aconteceu ainda na primeira etapa, aos 30 minutos. Dagoberto fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Ferreira, que ampliou o marcador.

Segundo tempo

Para a segunda etapa, o Atlético voltou mais tranqüilo, só para administrar o resultado e cedeu muitos espaços para o time do Moto Club, que só conseguiu diminuir o marcador aos 37 minutos, através de Válber, cobrando penalidade máxima.

Com este resultado, o Furacão evitou a segunda partida, na Arena da Baixada. O time paranaense espera agora o resultado de Volta Redonda  e América Mineiro. Na primeira partida, o time carioca venceu por 2 a 1.

Iraty classificado

O Iraty também evitou a partida de volta ao fazer 4 a 2 no time da Ulbra, do Rio Grande do Sul. Já o Londrina, foi a Patos de Minas e acabou sendo derrotado pela URT por 3 a 2. O time paranaense ainda tem a oportunidade de reverter a situação na próxima semana, em Londrina.