Foto: Walter Alves
Dagoberto comemora o gol
que deu a vitória ao
Atlético sobre o São Paulo.

O Atlético comprovou o bom momento que vive no Campeonato Brasileiro e venceu o São Paulo pelo marcador de 1 a 0, gol do atacante Dagoberto. Apesar do resultado magro, o Furacão teve domínio amplo e total do jogo e o placar só não foi mais elástico por causa das boas intervenções do goleiro Rogério Ceni, que salvou o Tricolor paulista em pelo menos três oportunidades.

Apoiados por mais de 19 mil torcedores, o rubro-negro partiu para cima do São Paulo. Aos cinco minutos, o zagueiro Rogério Corrêa lançou-se ao ataque e por pouco não fez o gol. O São Paulo respondeu logo em seguida com Diego Tardelli, que, após receber o cruzamento de Cicinho, cabeceou para fora.

O Atlético não se intimidou e continuou pressionando, entretanto, o time paulista fazia marcação cerrada nos meias Jadson e Fernandinho, impedindo um passe de melhor qualidade para rubro-negro.

Até que, aos 28 minutos, Jadson conseguiu se livrar da marcação de Alê e tocou para Washington, que acabou sendo desarmado no lance. A partir daí, o meio-campista do Atético começou a jogar mais solto e era questão de tempo para sair o gol atleticano.

E o gol veio logo. Aos 37 minutos, Jadson escapou da marcação e passou para Dagoberto. O craque atleticano, limpou o zagueiro, invadiu a área e bateu no canto de Rogério Ceni, fazendo o gol da vitória, para alegria da torcida rubro-negra.

O gol deixou o São Paulo desnorteado. No segundo tempo, o time não conseguia chegar na área do Atlético, deixando o goleiro Diego como um mero espectador da partida. 

O Furacão seguia pressionando, mas perdeu muitos gols. Jadson, um dos melhores jogadores em campo, perdeu pelo menos três chances boas de marcar. O Tricolor do Morumbi, que mal atacava os donos da casa, viu sua situação piorar quando o zagueiro Rodrigo foi expulso por ter agredido Dagoberto.

Já nos acréscimos, num contra-ataque, o rubro-negro, ainda carimbou a trave de Rogério Ceni.

O Atlético agora vai até Santa Catarina enfrentar o bom time do Figueirense, 13.º colocado da competição.