O presidente da Assembléia Legislativa, Hermas Brandão, disse na noite desta quinta-feira (27) que poderá antecipar em um dia a votação do projeto de lei do governador Roberto Requião que cria o salário mínimo regional no Paraná. ?Só falta ouvir a Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná) e a Ocepar (Organização das Cooperativas do Paraná), que será feito na próxima terça-feira (02). A minha intenção é colocar em votação nesse mesmo dia?, disse Brandão na Câmara de Vereadores de Curitiba, ao receber o título de cidadão honorário da capital paranaense.

Hermas lembrou que a votação está marcada para ser realizada na quarta-feira (03). ?Vamos ver se antecipamos pelo menos em um dia. Senão farei quantas sessões forem necessárias para que o projeto seja votado na quarta-feira?, completou.

Em seu discurso, o deputado lembrou que iniciou sua vida parlamentar junto com o governador Roberto Requião e com vice-governador Orlando Pessuti. ?O sonho de menino se fez realidade em 1983, quando assumi meu primeiro mandato de deputado estadual. Comigo, assumiram também o atual governador, Roberto Requião e o vice-governador, Orlando Pessuti, entre outros membros de uma geração que viria a participar da condução dos destinos do Paraná?.

A aprovação do título de cidadão honorário a Hermas Brandão foi unânime no legislativo curitibano, composto por 38 vereadores. Os vereadores destacaram a atuação de Brandão – considerado recordista de leis aprovadas e um político voltado às causas populares. Os vereadores destacaram, entre as ações de Brandão, a aprovação da lei de combate a discriminação racial e o trabalho social com as Apae?s (Associação de Pais e Amigos de Excepcionais) de todo o Estado.