Está marcada para amanhã, na Assembléia Legislativa de Rondônia, uma sessão que
vai decidir o futuro do governador Ivo Cassol. Ele é acusado de cometer
irregularidades no orçamento de 2004. No entanto, por causa do afastamento dos
deputados envolvidos no escândalo das propinas, poderá faltar quórum para
aprovar o processo de impeachment do governador.