Já foi contornado o sangramento detectado na madrugada de ontem no intestino do deputado federal Miguel Arraes, presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB). O parlamentar será submetido hoje a uma transfusão, para repor os níveis de plaquetas e hemácias. A décima sessão de hemodiálise que seria realizada ontem, foi transferida para hoje.

De acordo com a equipe médica, o quadro clínico do ex-governador de Pernambuco é estável, mas ainda exige cuidados intensivos, segundo informou o assessor de imprensa do PSB, Evaldo Costa. Ele disse que hoje o deputado acordou consciente e orientado, atendendo a solicitação dos médicos e se comunicando com os familiares.

Exames recentes indicam que foi identificada a bactéria que vinha ocasionando a infecção no pulmão de Arraes. Com isso, dois novos medicamentos passaram ser incluídos no tratamento do ex-governador de Pernambuco.

Miguel Arraes está internado há 54 dias no Hospital Esperança.