O ex-primeiro-ministro israelense Ariel Sharon foi conduzido hoje à unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Sheba, nos arredores de Tel-Aviv, em Israel, para ser submetido a uma hemodiálise, informou a instituição médica por meio de um comunicado.

O sangue do ex-chefe de governo de Israel será filtrado para a remoção de um recente acúmulo de fluidos, de acordo com o boletim médico sobre o estado de saúde de Sharon, de 78 anos. O ex-primeiro-ministro israelense recebeu antibióticos por via intravenosa para combater uma infecção bacteriana em sua corrente sanguínea.