A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje reajuste médio de 3,71% para as tarifas de energia da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL). O reajuste para os consumidores de baixa tensão – entre eles, residências e estabelecimentos comerciais – será de 3,48%.

Para os clientes atendidos em alta tensão, como as indústrias, será de 4,02%. O reajuste entra em vigor no próximo domingo. A CPFL atende a 3,2 milhões de unidades consumidoras em 234 municípios do interior de São Paulo.

A agência também aprovou reajuste médio de 9,83% nas tarifas da distribuidora Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat). O reajuste será de 13,3% para os consumidores que recebem energia em alta tensão e de 7,81% para os clientes abastecidos em baixa tensão.

A Cemat atende a 830.000 consumidores em 126 cidades do Estado de Mato Grosso. A empresa havia solicitado um reajuste médio de 15,3%.