Osvaldo Ribeiro/SESP
O secretário da Segurança Pública, Luiz
Fernando Delazari dá entrevista na Sala
de Imprensa do Palácio Iguaçu.

A partir de 2004, as polícias do Paraná vão contar com o apoio de uma nova tecnologia no combate ao crime: o sistema de geoprocessamento, que vai mapear a criminalidade no Estado. Esta nova ferramenta foi apresentada na manhã de hoje pelo secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, e pelo assessor especial Marcelo Jugend, responsável pelo programa. “O policial poderá saber onde e quando ocorrem os crimes no Paraná”, explicou Delazari.

O projeto tem por objetivo criar um banco de dados com informações criminais, que mostrará os tipos de delitos, os períodos (dias, horários e meses do ano) e locais (ruas, bairros e municípios) onde eles mais acontecem. Quando as polícias Militar e Civil atenderem alguma ocorrência, os boletins serão registrados em um software, o que permitirá a criação do mapa com as informações criminais. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)