Agência estimula a criação do primeiro emprego em Laranjeiras do Sul A Agência do Trabalhador de Laranjeiras do Sul, no Oeste do Paraná, está implantando o Programa Nacional de Estímulo ao Primeiro Emprego (PNPE), uma iniciativa do Governo Federal em parceria com a Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Prefeitura Municipal e Organizações Não Governamentais ? ONGs, através de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

O secretário do Trabalho, Emprego e Promoção Social, padre Roque Zimmermann, destacou a importância dessa iniciativa que solicita às empresas que empreguem determinado número de jovens. ?A expectativa é de que as contratações aconteçam principalmente entre as grandes empresas, que estão acostumadas à fiscalização feita rotineiramente pelo Estado e que, por isso, têm mais condições de atender às exigências do programa?.

A gerente da Agência do Trabalhador em Laranjeiras do Sul, Marilucia Mattos da Silva, observa que ?tanto o jovem que busca o emprego quanto o empregador devem estar cientes dos seus direitos, deveres e obrigações. É importante que procurem a Agência do Trabalhador para que possam aderir à PNPE sem qualquer custo e dando oportunidade para aqueles que estão ingressando no mercado de trabalho?.

Exceção ao trabalho doméstico, o Primeiro Emprego é aberto a todas as pessoas físicas e jurídicas e às equiparadas a jurídicas, com cadastro de empregador individual. As contratações devem ser sempre por doze meses e dentro da legislação trabalhista.

A Agência do Trabalhador em Laranjeiras, como qualquer outra, vai operar facilitando a tramitação entre o Ministério do Trabalho e Delegacias Regionais do Trabalho e firmar protocolos de intenções. As empresas podem contratar, no máximo, o correspondente a um quinto de seu quadro de pessoal atual, podendo, por isso, optar por receber incentivo financeiro de R$ 250, bimestralmente, para cada contratado entre 16 e 24 anos de idade.