O atacante Adriano foi suspenso nesta quinta-feira (19) por duas partidas pela liga italiana por simular ter sofrido o pênalti assinalado pelo árbitro no jogo de ontem em que o Inter perdeu para a Roma por 3 a 1.

A jogada aconteceu aos sete minutos do segundo tempo e resultou no único gol da Inter, que perdia por 1 a 0 e precisava vencer para assegurar a conquista do título italiano. A cobrança foi feita por Materazzi.

Ao marcar o pênalti, o árbitro deu cartão amarelo ao goleiro brasileiro Doni por derrubar Adriano. Analisando o lance pela televisão, ficou claro que Doni não tocou no adversário.

Com a punição, a Inter terá de lutar pelo scudetto sem Adriano nos dois próximos jogos, contra Siena e Empoli.

A equipe também não poderá contar com o atacante Hernán Crespo, que está lesionado.