Durante audiência pública que debate o projeto de transposição do Rio São Francisco na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) se posicionou contra o projeto do governo federal. "Discordo do ministro Ciro Gomes, porque se o rio fosse revitalizado, no futuro longínquo, poderia se pensar na transposição. Mas não agora, que seria danoso". Segundo a oposição, não há um projeto eficiente de revitalização do rio, apenas um projeto de transposição.

O senador disse ainda que "o governo gasta dinheiro para convencer o cidadão que o projeto é positivo, o governo apela com emocionalismo (sic), quando se espera racionalidade".

O conselho nacional da OAB vota ainda hoje se irá apoiar ou não o projeto de transposição proposto pelo governo.

Também participam da audiência o governador de Sergipe, João Alves, e o senador Almeida Lima (PDT-SE), além de vários deputados da região.