Após 8 dias e 12 horas de disputa da quarta etapa da Volvo Ocean Race, realizada entre as cidade de Wellington (Nova Zelândia) e Rio de Janeiro, o barco holandês ABN Amro 1, navegando numa média de 40km/h, assumiu a liderança e abriu 46km de vantagem sobre o segundo colocado, o norte-americano Pirates.

Com a entrada de ventos fortes, todas as embarcações – exceção ao ABN Amro 2 que teve problemas com a vela principal do barco – estão conseguindo cumprir o percurso mais rápido do que o previsto. Se os ventos aumentarem, os barcos poderão quebrar o atual recorde mundial de velocidade, atingido em 11 de janeiro deste ano pelo espanhol Movistar, que percorreu 1.043km em 24 horas.

O barco Brasil 1 continua em quarto lugar. O ABN Amro 2, último colocado, ainda não conseguiu reparar a vela principal e a diferença para o líder da etapa já é de 356 km.

Confira a classificação após 8 dias e 12 horas:

1.º – ABN Amro 1 (HOL) – Mike Sanderson

2.º – Pirates (EUA) – Paul Cayard

3.º – Movistar (ESP) – Bouwe Bekking

4.º – Brasil 1 (BRA) – Torben Grael

5.º – Ericsson (SUE) – Neal Mc Donald

6.º – ABN Amro 2 (HOL) – Sebastián Jossé