Há alguns anos, encontrei a Dorita Moraes Barros na Lincoln Road, em Miami Beach. Essa rua é de pedestres, muito simpática e há lojas e restaurantes. Todos têm mesas ao ar livre. Os restaurantes – com algumas exceções – são muito medíocres e geralmente buscam o turista que está de passagem. Nessas exceções, coloco o Pacific Time, de comida com influência asiática; para mim, dos melhores de Miami; o Yuca, um cubano com comida atual; o Spris, com uma pizza bem razoável; o Il Sole, italiano com proprietário brasileiro; o Café Segaffredo, com os sanduichinhos tipo tramezzinni. Mas meu ponto preferido é… uma livraria, chamada Books & Books, que tem umas quatro mesas embaixo de um toldo e serve um café com uns três ou quatro docinhos para acompanhar. É um prazer ficar sentado lendo uma revista ou um livro, assistindo ao desfile de figuras excêntricas pela rua.

Então a Dorita disse: “Vamos até a Books & Books, que eu vou lhe oferecer a melhor sobremesa de Miami, o Carrot Cake”. Quando pensei num bolo de cenoura, não fiquei nem um pouco inspirado. Ela, porém, insistiu e tive uma enorme surpresa: o tal bolo é mesmo muito bom.

Em janeiro, comi novamente o bolo e resolvi pedir a receita. Eles explicaram que é terceirizado (compram de um fornecedor), uma vez que o café não tem nem cozinha. Pesquisei e acabei encontrando diversas receitas interessantes. Duas delas compõem a página de hoje: cenoura, pecans e abacaxi, com duas camadas com recheio no meio e cenoura e amêndoas, em formato de bolo inglês, que pode ou não levar cobertura.

Tenho recebido pedidos dos leitores para uniformizar as medidas que aparecem nos ingredientes das receitas. As opções são diversas: dar tudo em volume, em mililitros (ml), inclusive mercadorias que normalmente figuram em gramas, alternar entre volume e peso. Mas boa parte das receitas que já publiquei é uma miscelânea e tem colheres de sopa, colheres de chá ou de café e principalmente xícaras. Peguei três xícaras de chá diferentes: uma mediu 175 mililitros, outra 190 mililitros e a terceira, 200. Então que unidade é essa?

A partir de hoje, vamos combinar o seguinte: quando citar uma xícara será de 175 mililitros. E vocês tratem de comprar um medidor desses de vidro transparente e verifiquem logo qual a capacidade das suas xícaras de chá. Mas atenção: geralmente esses medidores têm de um lado as medidas em mililitros e do outro, as americanas, mostrando onças e cup. Muita gente acha que essa cup corresponde – como a tradução pode induzir – à nossa xícara. Só que essa xícara americana tem a capacidade de 225 mililitros.

Hoje, as medidas estão meio confusas. Mas vou padronizar a partir da semana que vem. E o peso vai continuar a ter que existir. Não dá para medir a quantidade de pargo em xícaras. E por falar nesse peixe, nunca pensei que houvesse tanta gente conhecedora dele. No dia 20 de janeiro, saiu uma matéria com uma receita simpática, “pargo assado ao gengibre”. E a foto mostrou um peixe que todos os especialistas chamam de olho de cão e que os peixeiros das feiras chamam de vermelho. Na semana que vem, vou dar destaque a esse assunto. E, desde já, desculpem-me pelo engano (ou ignorância). Mas com pargo, vermelho ou olho de cão a receita fica muito boa.

Gateau de cenoura, pecans e abacaxi

Ingredientes: 450 ml de farinha de trigo; 450 ml de açúcar cristal; 2 colheres (de chá) de fermento em pó; 2 colheres (de chá) de bicarbonato; 1 colher (de chá) de canela; 4 ovos levemente batidos; 340 ml de óleo de milho; 650 ml de cenouras raspadas e raladas; 2 fatias picadas de abacaxi em compota, sem caldo; 150 ml de pecans picadas. Para a cobertura: 2/3 de xícaras de manteiga sem sal, amolecida; 1 xícara de cream cheese; 2 colheres (de chá) de extrato de baunilha; 1 xícara de açúcar de confeiteiro.

Maneira de fazer: Preaqueça o forno em temperatura alta. Unte duas fôrmas de 20 cm de diâmetro, com manteiga e farinha. Peneire farinha, açúcar, fermento, canela e bicarbonato numa vasilha grande. Junte os ovos e o óleo, misturando tudo muito bem. Junte cenoura, abacaxi e pecans até ficar tudo bem incorporado.

Ponha metade da mistura em cada uma das duas fôrmas. Asse por cerca de 30 minutos e faça o teste do palito para verificar. Deixe esfriar nas fôrmas por cerca de 15 minutos e depois retire e deixe descansar até esfriar completamente.

Cobertura: Coloque manteiga e cream cheese numa batedeira. Bata até ficar bem misturado. Junte a baunilha. Com a velocidade mínima, adicione o açúcar de confeiteiro e bata até o creme ficar bem liso e uniforme.

Ponha uma parte do creme sobre o primeiro bolo, cubra com o segundo e coloque o restante do creme por cima.

Nota: Se desejar uma apresentação mais bonita, distribua a mistura em três fôrmas e faça o gateau em três camadas. Na camada de recheio, para maior contraste de cor e sabor, a mistura poderá ser acrescida de uma geléia de sua preferência.

Rendimento: Para um gateau em duas camadas de 20 cm

Bolo de cenoura e amêndoas

Ingredientes: 2 xícaras bem cheias de farinha de trigo (180 gramas); 1 e 1/2 colher (de chá) de fermento em pó; 1/2 colher (de chá) de bicarbonato; pitada de sal; 1/2 colher (de chá) de canela em pó; 180 gramas de cenoura ralada fina; 1 xícara de amêndoas torradas, sem pele, picadas; 150 gramas de açúcar mascavo claro; 2 ovos; raspas da casca de uma laranja; 75 gramas de manteiga derretida depois de já estar fria.

Maneira de fazer: Numa vasilha, misture farinha, fermento, bicarbonato, sal e canela. Em outra vasilha, ponha a cenoura ralada, as amêndoas e o açúcar. Junte os ovos (um de cada vez) e vá misturando. Em seguida, ponha as raspas de laranja e a manteiga. Despeje lentamente na farinha, misturando bem.

Unte uma fôrma tipo bolo inglês retangular, com manteiga e farinha. Bata para eliminar o excesso de farinha. Despeje a mistura e asse em forno preaquecido por cerca de uma hora e faça o teste do palito. Retire do forno e deixe descansar por dez minutos ou mesmo um pouco mais. Verifique se o bolo está bem solto da fôrma e retire-o do forno, deixando esfriar completamente, de preferência numa grade, para esfriar de todos os lados.

Cobertura de requeijão cremoso: proceda como na receita do bolo de cenoura e gengibre. Distribua o creme sobre o bolo e decore com cenoura ralada e amêndoas torradas.

Nota: Se preferir, você poderá substituir as amêndoas por pecans ou avelãs. Esse bolo poderá ser apresentado – e comido – sem cobertura.