Produtores rurais interessados em se beneficiar da prorrogação das dívidas devem entrar em contato com o seu agente financeiro até o dia 31 deste mês. Segunda-feira, próxima, é o prazo final para solicitar prorrogação das dívidas de investimento independente do mês de vencimento e, no caso das dívidas de custeio, é a data limite para os pedidos das parcelas de junho e julho. Os produtores que perderem o prazo estarão fora das regras para análise de prorrogação.

De acordo com o gerente de mercado do agronegócio do Banco do Brasil no Paraná, Sérgio Roberto Mantovani, até o dia de hoje 65% dos 41 mil clientes que se enquadram nos processos de prorrogação de dívidas já manifestaram interesse em se beneficiar das novas regras: "A orientação é que os produtores compareçam às agências onde mantêm operações para assinar o termo de interesse em aderir à prorrogação". Mantovani lembra que o produtor que não procurar o banco para regularizar sua situação vai ter de liquidar as operações dentro do prazo anteriormente estipulado.