enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

Histórico!

Unindo gerações e com homenagem a Paulo Leminski, Tribalistas tocam para mais de 10 mil

O grupo, formado por Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, passou por Curitiba neste sábado (25), num show que vai ficar para a história da cidade e da Pedreira Paulo Leminski. Veja como foi!

  • Por Lucas Sarzi

Um show que mais parecia uma grande festa para mais de 10 mil pessoas. Assim podemos definir a passagem dos Tribalistas por Curitiba neste sábado (25) na Pedreira Paulo Leminski. Apesar do frio de 9ºC, Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown mataram a sede de 15 anos dos fãs que tanto esperavam por um momento desses. O show teve direito até a homenagem a Paulo Leminski, poeta curitibano que foi amigo de Arnaldo Antunes.

Seguindo a risca a lista das músicas já previstas, o grupo surpreendeu os fãs tocando 30 músicas. Entre as canções escolhidas, além das tradicionais Passe em Casa, Velha Infância e Já Sei Namorar, o grupo também escolheu alguns momentos para outras músicas, que também são de composição dos três, mas que ficaram conhecidas na voz de Marisa como Vilarejo, Não é Fácil e Amor I Love You. 

O público não encheu a Pedreira, mas para uma noite fria e com vários outros shows na cidade, superou as expectativas: aproximadamente 12 mil pessoas aproveitaram as quase duas horas de muita lembrança. Como disseram Marisa, Arnaldo e Carlinhos em entrevista à Tribuna do Paraná, a renovação do público também ficou bem evidente, inclusive com crianças acompanhadas dos pais. Veja o começo do show:

Homenagem a Leminski

Arnaldo foi um dos grandes amigos de Paulo Leminski, poeta que dá nome ao maior espaço para shows de Curitiba e que já recebeu grandes nomes da música brasileira e internacional. No passado, o cantor chegou a ficar algum tempo em Curitiba e, conforme disse em entrevista à Tribuna do Paraná, andava por algumas ruas do bairro Pilarzinho, sempre nos arredores da Cruz do Pilarzinho. Um dia antes de tocarem em Curitiba, na sexta-feira (24), foi o aniversário de Paulo Leminski – que se estivesse vivo faria 74 anos – e, para honrar a data, o grupo organizou uma homenagem.

“Aproveitar que estamos aqui no Abranches, bairro vizinho a Cruz do Pilarzinho, onde morava o poeta cujo nome deu nome a essa pedreira, que assim decretou ‘moinho de versos, movido a vento em noites de boemia, vai vir o dia em que tudo que eu diga seja poesia’, por feliz coincidência foi aniversário do poeta, então vamos cantar parabéns”, disse Arnaldo, pedindo que as luzes fossem acesas e o público em coro cantou parabéns.

“Leminski, sua luz e sua poesia, incrustada nessas pedras, como as ostras, o nosso agradecimento”, completou Carlinhos, pedindo que o público fizesse o famoso ajayô (expressão africana que ficou conhecida depois que ele passou a usar no programa The Voice, da TV Globo). Veja o vídeo:

Quase no fim

Antes de Curitiba, o grupo passou por Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e também por São Paulo e Rio de Janeiro. Agora, o trio segue para Brasília, no próximo dia 1º de setembro, e depois Belo Horizonte, no dia 7 de setembro. No Rio de Janeiro o sucesso foi tamanho, que foi marcado ainda um show extra para 6 de outubro. Por fim, no final de outubro, Marisa, Arnaldo e Carlinhos saem para 25 dias de turnê na Europa. Veja um trecho final do show de Curitiba:

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Lucas Lima é o segundo participante de webesérie, novo projeto, de Sandy

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas