No mundo das celebridades, todo mundo já conhece a fama do ucraniano Vitalii Sediuk, de querer assediar os famosos com beijos, agarrões e outras coisas constrangedoras. Tanto que já foi apelidado de o “brincalhão de Hollywood”. Na semana passada, ele surpreendeu a modelo Gigi Hadid com um abraço forçado, na saída de um desfile. A modelo reagiu, deu cotoveladas e socos no maluco.

A última vítima do ucraniano, nesta quarta-feira, foi a socialite Kim Kardashian. Sediuk esperou ela sair de um carro, em Paris, e chegar à calçada para lascar um beijo no “derriére” da moça. Os seguranças agiram rápido, mas não impediram em tempo dos lábios do maluco chegarem ao bumbum (diga-se de passagem, que popozão) da socialite.

Sediuk levou uma chave de braço do segurança e saiu com o rosto sangrando, depois de uma boa “conversa ao pé do ouvido” que levou ainda no chão, imobilizado.

Kim agradeceu à rápida ação de seu segurança, Pascal Duvier, no Twitter: “Meu segurança @PascalDuvier é um G[gângster]”, escreveu a bela. O caos criado pelo ucraniano conseguiu roubar as atenções até do corpão de Kim, que usava look completamente transparente que deixava a lingerie à mostra.

Sediuk postou a foto do feito em seu Instagram e escreveu: “eu estava protestando pelo fato de Kim usar implantes na bunda. Eu encorajo ela e todas as outras Kardashians a popularizar a beleza natural entre garotas adolescentes que as seguem e a defendem cegamente. OBS: Eu estava sentado do lado de fora do restaurante chique, usando a wi-fi gratuita e comendo meu sorvete, quando, de repente, um grupo de paparazzi surgiu – e então Kim Kardashian desceu do carro. Eu juro que não sabia que ela estaria lá. Então tive que ter alguma ideia rapidamente. Será que isso significa que, se eu não vou até as celebridades, elas vêm até mim?”. O perfil do “brincalhão” tem mais de 13,9 mil seguidores, e lá ele critica ativamente o universo fashion e a geração de instamodels (que inclui Gigi Hadid e Kendall Jenner).

 

Assista o momento do ataque: