Nos dias 1 e 2 de abril, a Pia Fraus estreia Transgressões, no Festival de Curitiba. A 23ª edição do festival apresenta mais de 450 espetáculos entre os dias 25 de março e 6 de abril. Dirigida por Beto Andreetta e Wanderley Piras, Transgressões é apresentada no Paiol, teatro de arena da cidade, com os atores Ana Elisa Mattos, Cristiano Bacelar, Natália Gonsales e o bailarino David Caldas.

‘Transgredir algo é ir além, ultrapassar um limite estabelecido e, portanto, é também criar um novo paradigma’, conta Beto Andreetta, diretor da companhia. As ‘transgressões’ do espetáculo não são somente da trama – dois casais que têm curiosidades para além dos relacionamentos- mas também na forma. A peça, assim como a maioria dos trabalhos da Pia Fraus, expressa sua dramaturgia na plasticidade e na relação dos atores e bonecos. Trata-se de uma mistura de teatro, dança e manipulação.

A peça, sobre a sexualidade humana, seus desejos e fantasias, nasceu de um processo coletivo de criação proposta por Andreetta. Conduzida por Wanderley Piras, diretor de diversos espetáculos da companhia, a temática foi construída com os atores, que sugeriram cenas e compuseram os personagens juntos.  

Os bonecos utilizados são do acervo da Pia Fraus, de autoria de Beto Lima, um dos fundadores da companhia, falecido em 2005. ‘Ao utilizá-los, rompemos uma tradição do teatro de bonecos na qual todo boneco é feito para apresentar sempre o mesmo personagem’, observa o diretor. ‘Depois de Sófocles, Cervantes, Guimarães Rosa, Nelson Rodrigues, agora desenvolvemos nossa nova dramaturgia a partir das inquietações do próprio elenco e, principalmente, a partir de cada boneco utilizado ao longo desses anos. Todos juntos, atores, bonecos, entrelaçados, formando um grande elenco criativo: corpos atuantes’, finaliza o diretor.

Serviço

Estreia Transgressões, da companhia Pia Fraus

Festival de Curitiba

Dias 1 e 2 de abril

Teatro Paiol
Endereço: Praca Guido Viaro, s/nº – Prado Velho