A primeira atitude de Talita Castro ao receber o convite para trabalhar em Essas Mulheres, da Record, foi "devorar" os livros Senhora, Lucíola e Diva, obras de José Alencar que dão origem à novela. Como não tinha lido nenhum dos romances, a atriz queria entender melhor o universo de sua personagem, a malvada Bela, e estar por dentro de todas as temáticas da trama escrita por Marcílio Moraes. "É horrível participar de uma história sem conhecê-la. Essas leituras foram essenciais na hora de compor a Bela", garante. Mas a literatura não foi sua única fonte de inspiração.

Colecionadora de CDs, Talita recorreu ao seu acervo para achar uma música que caracterizasse sua personagem. Atualmente, a moça se prepara para as gravações da novela escutando a canção Beija-me, da cantora Thalma de Freitas. "É impressionante como esse ritual reflete positivamente na minha atuação. Traz um clima bom até para fazer as cenas de maldade", assegura.

Perfeccionista ao extremo, Talita assiste a todos os capítulos da novela para avaliar o seu desempenho como vilã. Com um caderninho nas mãos, a atriz anota todos os aspectos que tem de melhorar. "Só assim conseguirei crescer artisticamente", avalia.

Nome: Talita Ribeiro de Castro.

Nascimento: Em 28 de janeiro de 1977, em São Paulo.

Primeira aparição na tevê: Na novela Vira-Lata, da Globo, em 1996.

Momento marcante: "O filme Bicho de Sete Cabeças, que marca minha estréia no cinema".

Personagem inesquecível: Leôncio de A Escrava Isaura, da Record, interpretado por Leopoldo Pacheco.

A que gosta de assistir na tevê: "Adoro assistir a documentários e novelas".

A que nunca assistiria: "Não suporto programas que só falam de violência. Minha avó fica querendo trancar a casa inteira. Isso é horrível".

O que gostaria que fosse reprisado: Novela "Roque Santeiro", de 1985. "Sei que já foi reprisada mais de uma vez. Mas adoraria ver tudo de novo".

Ator: Rubens Corrêa.

Atriz: Laura Cardoso.

Com quem gostaria de contracenar: Ewerton de Castro. "Pode parecer clichê por ser o meu pai, mas não é. Acho ele talentoso mesmo".

Filme: Minha Vida Sem Mim, de Isabel Coixet.

Livro de cabeceira: Mulheres que Correm Com os Lobos, de Clarissa Pinkola Estes.

Mania: "Anotar diariamente as coisas que tenho de fazer".

Arrependimento: "Não me arrependo nem dos erros. Eles fazem parte do nosso crescimento".

Qualidade: "Sou muito generosa".

Defeito: Preguiça.

Se não fosse atriz seria: Escritora.

Projeto: "Quero morar em Barcelona. Ainda não conheço, mas sei que vou amar".