A briga entre o narrador Galvão Bueno e o jornalista Renato Maurício Prado, ao vivo, no Conexão Sportv, na semana passada, ainda dá o que falar. Como o jornalista não voltou mais a participar da mesa-redonda sobre a Olimpíada de Londres, cresceram os rumores de que ele teria sido afastado do programa. No entanto, o canal Sportv, por meio de sua assessoria de imprensa, nega o afastamento de Prado e esclarece que o jornalista é “um colaborador do canal”.

“Ele está em Londres para fazer a cobertura da Olimpíada por um jornal carioca, no qual possui uma coluna diária. Sempre que possível, no Brasil ou em Londres, Renato participa das atrações do canal, no Conexão Sportv ou no Bem, Amigos! (programa comandado por Galvão)”, diz a nota do canal esportivo.

O vídeo do barraco no YouTube tem mais de 1,6 milhão de visualizações. A discussão começou quando Prado fez uma brincadeira e Galvão se irritou. O jornalista relatou uma conversa de bastidores na qual Galvão teria dito que a seleção masculina de vôlei só ganhou a medalha de prata na Olimpíada de Los Angeles, em 1984, por causa do boicote dos países socialistas.

Procurados pela reportagem, nem Galvão nem Prado comentam a confusão. Nos bastidores, porém, o que se sabe é que Prado decidiu não participar mais, por achar que seria obrigatório, da parte do Galvão, um pedido de desculpas aos telespectadores, pelo barraco no ar, e a ele, pela grosseria. Como não houve garantias de que isso aconteceria na atração, Prado decidiu não ir mais. Como fica o Bem, Amigos!, que os dois faziam juntos antes da Olimpíada? Da mesma forma. Sem desculpas, sem programa.