Começa nesta quarta-feira, 4, e vai até o dia 8 a primeira SIM (Semana Internacional de Música) de São Paulo, um evento inspirado em conferências internacionais como o MaMA Festival de Pigalle e Montmartre, em Paris; o South By Southwest (Austin, Texas); e o The Great Escape (Brighton, Inglaterra), entre outros. Idealizado para fomentar o debate, o evento tem 20 painéis de palestras e debates, 12 horas de rodadas de negócios, workshops, exposições, mostras audiovisuais e cerca de 50 shows pela cidade, em locais como Praça das Artes, Galeria Olido, Cine Joia, Riviera, Baixo, Da Leoni, Red Bull Station e Anexo B.

Uma das grandes estrelas do evento é o produtor, músico francês Philippe Cohen-Solal, cérebro do grupo franco-argentino Gotan Project. Cohen-Solal vai fazer um DJ set no Da Leoni no dia 6, sexta, às 2h da manhã. Amanhã, o francês participa de um debate gratuito no Cine Olido, às 15h, ao lado de VJ Spetto, Pedro Zaz, Marcos Hermes e sob mediação de Gaia Passarelli. O tema é A Contribuição da Estética Visual na Constituição da Identidade Musical.

“O Gotan Project não seria o que é sem a parte visual. É indissociável de nossa proposta musical, é a partir daí que nós comunicamos as emoções para as pessoas. É como um filme ao vivo”, disse Cohen-Solal à reportagem, falando por telefone desde Paris. Segundo ele, sua palestra focará na convocação dos recursos audiovisuais e da cenografia “para trazer a plateia para um tipo de viagem sensorial”.

Claro que, para uma banda famosa, é muito mais fácil do que para os novos grupos, e isso também deve ser abordado no debate. Não só o sistema de produção e distribuição de música mudou radicalmente no mundo. O próprio universo do vídeo musical, que teve seu auge industrial com a MTV nos anos 1990, praticamente migrou para a internet, onde o artista da música tem dificuldade em captar recursos para produzir e filmar seu trabalho.

SEMANA INTERNACIONAL DE MÚSICA – Cine Joia. Da Leoni; Baixo; Riviera; Anexo B; Praça das Artes; Galeria Olido; Red Bull Station. De 4 a 8/12. www.simsaopaulo.com

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.